Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Aluno > IFG > Últimas notícias > Fapeg lança Programa Centelha Goiás durante a Campus Party
Início do conteúdo da página
Inovação

Fapeg lança Programa Centelha Goiás durante a Campus Party

O IFG é um dos parceiros do Programa Centelha Goiás

 

"Como conseguir R$ 60 mil para sua startup: Programa Centelha" é o tema da palestra que o gerente do Departamento de Fomento à Interação entre Ciências Aplicadas e Inovação, da Finep, Marcelo Nicolas Camargo, vai proferir no próximo dia 5, às 13 horas, no palco Feel The Future da Campus Party, no Passeio das Águas Shopping, em Goiânia, durante o lançamento, juntamente com autoridades estaduais, do Programa Centelha Goiás. O programa, que tem o Instituto Federal de Goiás (IFG) como um de seus parceiros, possui como objetivo fortalecer os sistemas locais de inovação, com fomento a startups e ideias inovadoras. Também vai participar do evento o coordenador geral de Estímulo ao Desenvolvimento de Negócios Inovadores, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), José Antônio Silvério.

A plataforma para submissão de propostas de ideias inovadoras estará aberta do dia 4 de setembro a 4 de outubro (programacentelha.com.br/go/). A seleção acontecerá em três etapas, e a expectativa é de sejam inscritas mil propostas para que, ao final, sejam selecionadas 28 propostas de empreendedores inovadores. O programa irá oferecer capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócios de sucesso.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) é parceira operacional estadual do Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Programa Centelha), que é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

Pelo edital, a Fapeg convida os interessados a apresentarem propostas de inovação com o objetivo de estimular o empreendedorismo inovador por meio de capacitações para o desenvolvimento de produtos (bens e/ou serviços) ou de processos inovadores e, apoiar por meio da concessão de recursos de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis) a geração de empresas de base tecnológicas a partir da transformação de ideias inovadoras em empreendimentos que incorporem novas tecnologias aos setores econômicos estratégicos do Estado de Goiás. Serão destinados recursos no valor global de R$ 1.680.000,00, sendo R$ 1.100.000,00 oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – FNDCT/Finep e o restante da contrapartida da Fapeg,  e vai destinar recursos de até R$ 60 mil por empresa.

A iniciativa visa estimular a criação de empreendimentos inovadores a partir da geração de novas ideias; disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país; contribuir para ampliação da quantidade e melhoria da qualidade das propostas de empreendimentos de base tecnológica submetidas aos ambientes promotores de inovação existentes no País (incubadoras e aceleradoras de empresas, espaços de coworking, laboratórios abertos de prototipagem, parques e polos tecnológicos etc.).

Serão apoiados projetos inovadores que tenham suas soluções aplicadas aos setores: Administração Pública; Aeroespacial; Agronegócio; Automotivo; Bens de Capital; Borracha e Plástico; Cerâmica; Comércio e Varejo; Construção Civil; Construção Naval; Economia Criativa; Economia do Turismo, Gastronomia, Eventos e Lazer; Educação; Elétrico e Eletrônico; Energia; Fabricação de Alimentos e Bebidas; Farmoquímico e Farmacêutico; Financeiro; Jurídico; Madeira e Móveis; Marketing e Mídias; Meio Ambiente e Bioeconomia; Mercado Imobiliário; Metalmecânico e Metalurgia; Mineração; Papel e Celulose; Pesca e aquicultura; Petróleo e Gás; Químico; Saúde e Bem Estar; Segurança e Defesa; Social; Tecnologia da Informação e Telecomunicações; Têxtil, Confecção e Calçados; e Transporte, Logística e Mobilidade.

 

Quem pode submeter ideias no Programa Centelha Goiás

Pessoa física (coordenador do projeto) que, se aprovada, deverá constituir uma Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte (MEEPP) com sede em Goiás para contratação e recebimento dos recursos financeiros não reembolsáveis, na forma de subvenção econômica; ou pessoa física (coordenador do projeto) que possua vínculo como proprietário ou sócio proprietário de Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte (MEEPP), sediada no Estado de Goiás, com data de constituição em até 12 meses anteriores à data de publicação do edital.

Não é necessário ter uma empresa constituída para propor uma ideia. A constituição da empresa será necessária apenas após a terceira fase do programa (fase do projeto de fomento) caso a ideia seja aprovada nas etapas anteriores.

Mais informações sobre o programa: http://programacentelha.com.br/#sobre

 

 

Diretoria de Comunicação Social/ Reitoria  -- texto da Assessoria de Comunicação Social da Fapeg.

Notícias (Aluno)

Comunicados (Aluno)

Fim do conteúdo da página