Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Aluno > IFG > Últimas notícias > Com o objetivo de pensar soluções práticas para problemas reais, começa a etapa de desenvolvimento do Lapassion
Início do conteúdo da página
LAPASSION@Goiânia

Com o objetivo de pensar soluções práticas para problemas reais, começa a etapa de desenvolvimento do Lapassion

Solenidade de abertura da etapa de desenvolvimento foi realizada na manhã desta segunda-feira, no Câmpus Goiânia

Mesa diretiva durante a solenidade de abertura da etapa de desenvolvimento de projetos do Lapassion
Mesa diretiva durante a solenidade de abertura da etapa de desenvolvimento de projetos do Lapassion

Internacionalização. Indissociabilidade da pesquisa, do ensino e da extensão. Resolução de desafios. Intercâmbio. Esses são alguns dos elementos que serão trabalhados na etapa de desenvolvimento do Lapassion@Goiânia, que começou nesta segunda-feira, 9 de março, no Instituto Federal de Goiás. Com o objetivo de trazer boas práticas desenvolvidas na Europa para instituições da América Latina, estudantes selecionados irão nas próximas 10 semanas elaborar projetos multidisciplinares com o tema “Como contribuir para uma sociedade inclusiva e sustentável”.

A solenidade de abertura dessa etapa de desenvolvimento do projeto internacional que tem o IFG como uma das sedes no país foi realizada na manhã desta segunda-feira, 9 de março, no Câmpus Goiânia e contou com a presença de vários gestores do IFG, além de convidados de outras esferas governamentais.

Participaram da mesa diretiva da solenidade, o reitor do IFG, professor Jerônimo Rodrigues da Silva; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Paulo Francinete; a diretora-geral do Câmpus Goiânia, Maria de Lourdes Magalhães; a líder da bancada goiana no Congresso Nacional, a deputada federal do PDT, Flávia Morais; e o coordenador do Lapassion no âmbito do IFG, Ruberley Rodrigues de Souza.

Estiveram presentes também no evento os pró-reitores do IFG de Ensino, Oneida Irigon; Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos, Amaury França; Extensão, Daniel Barbosa; Administração, José Carlos Barros. Além dos pró-reitores, prestigiaram a solenidade diretores de alguns câmpus do IFG, como do Câmpus Inhumas, Luciano dos Santos; e do Câmpus Itumbiara, Aline Barroso, além de outros gestores de câmpus. Prestigiaram também a solenidade representantes do governo estadual e municipal, de Goiânia e Senador Canedo, representantes do Sistema S, da Fapeg e da UFG.

 

Oportunidade e internacionalização

Para o coordenador do Lapassion na Instituição, Ruberley Rodrigues de Souza, ter o IFG como uma das sedes da etapa de desenvolvimento dos projetos multidisciplinares do Projeto é muito especial: “hoje estamos dando início à etapa Lapassion @Goiânia, e isso é muito importante para nossa Instituição, pois esse projeto é mais do que uma ação de mobilidade estudantil: é uma oportunidade de internacionalização, pesquisa, ensino e extensão que tem o poder de englobar toda a Instituição. ”

Chamando atenção para a importância da indissociabilidade da pesquisa, do ensino e da extensão, que é um princípio da esfera do ensino superior no Brasil, o pró-reitor Paulo Francinete destacou: “os estudantes terão a oportunidade com o projeto de viver na prática essa indissociabilidade da pesquisa, do ensino e da extensão; isso porque o Lapassion traz uma oportunidade muito importante de colocar esse princípio em prática”.

Para a professora Maria de Lourdes Magalhães, diretora-geral do Câmpus Goiânia, local em que os estudantes irão desenvolver os projetos, “os discentes envolvidos no Lapassion terão a oportunidade de viver 10 semanas de vários desafios e muito aprendizado, e isso é muito importante para o IFG”. Segundo a diretora, após meses de planejamento, o Câmpus Goiânia “ratifica o compromisso de acolher de forma cuidadosa e respeitosa todos os alunos que irão participar do projeto”, destacou a docente.

Prestigiando a solenidade de abertura, a líder da bancada goiana no Congresso Nacional, deputada Flavia Morais, aproveitou para destacar a importância do IFG para o Estado. Em seu discurso, a parlamentar ressaltou o direcionamento da emenda de bancada que foi destinada aos Institutos Federais e chamou atenção para a importância dos IFs, especialmente o IFG, que, segundo a deputada “é uma instituição que tem muita credibilidade diante dos parlamentares goianos”. Além disso, a líder da bancada goiana chamou atenção para a importância das atividades que o IFG promove, como esse intercâmbio e a articulação que está sendo realizada com o Projeto Lapassion, uma ação que envolve vários países com o objetivo de estabelecer a troca de experiências e de conhecimento, apresentando, assim, uma oportunidade de pensar soluções práticas para problemas reais.

O reitor do IFG, professor Jerônimo Rodrigues da Silva, além de agradecer a emenda destinada aos Institutos Federais mencionada pela deputada, destacou a importância da indissociabilidade da pesquisa, do ensino e da extensão, que pode ser percebida em um projeto como esse. Além disso, o reitor ressaltou a importância da realização do projeto no IFG, dizendo que “o Lapassion é um projeto que define novos caminhos para nossa instituição, sobretudo no âmbito da inovação”. Agradecendo a presença de todos os presentes, o reitor aproveitou para desejar um bom evento para todos os envolvidos nessa etapa de desenvolvimento do projeto durante as próximas 10 semanas.

 

LAPASSION

Além dessa etapa no IFG, simultaneamente serão realizadas outras três no Instituto Federal do Amazonas (IFAM), no Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) e nas instituições chilenas Fundação do Instituto Profissional (DUOC) e Pontifícia Universidade Católica do Chile (PUC-Chile), no período de março a junho de 2020.

 

Equipe envolvida no Projeto Lapassion, após a solenidade de abertura

 

Nas próximas semanas, os estudantes selecionados do IFG e de outras cinco instituições parceiras (IFTM, IPP; TAMK; PUC-Chile e DUOC) e também dos Institutos Federais do Espírito Santo (IFES), Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) e Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), sob a supervisão de tutores, desenvolverão ideias a respeito do tema Como contribuir para uma sociedade inclusiva e sustentável.

Divididos em grupos multidisciplinares e multi-institucional, os estudantes se dedicarão a resolver os desafios apresentados por empresas e órgãos governamentais parceiros do IFG. Dentre esses parceiros estão, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia de Goiânia; a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas de Goiânia; a Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Senador Canedo; a Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes de Senador Canedo; e as empresas Ecológica e Laticínios Bela Vista.

 Elaborado por um consórcio de 13 instituições de ensino superior, o Projeto Lapassion conta com cinco instituições brasileiras: IFG; Instituto Federal do Amazonas (IFAM); Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM); Instituto Federal do Maranhão (IFMA); e Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul); duas chilenas (Fundação do Instituto Profissional – DUOC; Pontifícia Universidade Católica do Chile – PUC); duas uruguaias (Universidade Tecnológica do Uruguai – UTEC; Universidade da República do Uruguai – UDELAR); uma portuguesa (Instituto Politécnico do Porto – IPP); duas espanholas (Universidade de Vigo – UVIGO; e Universidade de Salamanca – USal); e uma finlandesa (Universidade de Ciências Aplicadas de Tampere – TAMK). Participam também do consórcio duas associações: Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e Associação de Empresas de Portugal (AEP).

 

 

Confira as fotos da solenidade de abertura em nosso Facebook

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.

 

Notícias (Aluno)

NOTA PÚBLICA

16/03/2020 20h06

NOTA PÚBLICA

15/03/2020 19h26

NOTA PÚBLICA

13/03/2020 18h45

Fim do conteúdo da página