Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
VII Jogos Internos

Começam os Jogos Internos do IFG- câmpus Cidade de Goiás

Criado: Segunda, 07 de Maio de 2018, 10h53 | Última atualização em Segunda, 07 de Maio de 2018, 11h39

“Cultura corporal e nenhum direito a menos: esporte, saúde, lazer e educação” é o tema dos VII Jogos Internos

Toda essa semana, 07 a 11 de maio, ocorre no IFG-câmpus Cidade de Goiás a sétima edição dos Jogos Internos com programação variada com diversas modalidades de jogos, oficinas e atividades culturais. Este é o primeiro ano em que o evento acontece na quadra poliesportiva recentemente inaugurada na nova sede do IFG, no residencial Bauman. “A construção da quadra melhorou muito a qualidade das atividades desenvolvidas”, ressaltou o professor Fabrício Cardoso, coordenador dos Jogos, em seu discurso de abertura.

Após a entrada das bandeiras e das equipes competidoras, compuseram a mesa do evento o professor de educação física Fabrício Cardoso, a chefe de departamento de áreas acadêmicas, Ádria Borges, e o gerente de pesquisa e extensão, José Nerivaldo Pimenta, representando o diretor-geral do câmpus, além do estudante Jullian Eduardo, presidente do Grêmio Estudantil.

Jullian falou sobre a proposta do “Futsaia” que será realizado ainda nessa manhã. “A intenção é passar uma mensagem de desconstrução da categorização de gênero no esporte e enfrentar o preconceito. Não importa o sexo, a orientação sexual ou como você se veste, independente disso somos todos seres humanos”, ressaltou o estudante.

O professor Fabrício Cardoso agradeceu a toda comissão organizadora do evento, aos estudantes, ex-alunos, servidores, terceirizados e pessoal externo à instituição que estão se empenhando em realizar as ações. Ele também salientou a importância da formação integral e humanista que ofereça ao estudante a oportunidade de refletir sobre várias questões e não priorize apenas o saber técnico. “Não basta apenas o saber instrumental, é necessário sentir, se sensibilizar, criar, sonhar, se movimentar, essas são as possibilidades que a educação física e outras disciplinas possibilitam. O IFG resiste nesse aspecto, mas é preciso que esse seja um direito de todas as escolas públicas”.

Ádria Borges convidou os estudantes a revisarem suas percepções sobre os significados e a categorização de seus corpos nos debates que serão feitos nas oficinas que abrangem as temáticas de gênero e raça. O gerente de pesquisa José Nerivaldo lembrou a necessidade de refletir não apenas sobre a formação individual, mas também sobre as transformações que ocorrem no mundo ao nosso redor. “Não basta saber o lugar que queremos ocupar no mundo, é preciso conhecer e transformar a realidade em que vivemos”.

Hoje, a partir das 15h começam as competições com os Jogos de Futsal masculino. A partir de amanhã, dia 08, iniciam as oficinas. Para participar basta comparecer no horário e local e assinar a lista de presença.

 

 Acesse aqui a programação completa com a lista de oficinas

 

Veja mais fotos no facebook

 

Comunicação Social/câmpus Cidade de Goiás

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página