Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
EJA

Comissão discute reformulação do Curso Técnico Integrado em Panificação, oferecido na modalidade EJA no Câmpus Aparecida de Goiânia

Criado: Quinta, 20 de Abril de 2017, 12h27 | Última atualização em Quinta, 20 de Abril de 2017, 12h46

O novo curso passará à denominação de Curso Técnico Integrado em Alimentos, com menor duração e maior abrangência de atuação

A equipe de professores e técnico-administrativos do Câmpus Aparecida de Goiânia que integra a Comissão de Reformulação do Curso Técnico em Panificação está realizando uma série de reuniões para ajustes e adaptações do projeto pedagógico do curso, que vêm atender ao novo regulamento do Conselho Superior do IFG para a modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) e que vão trazer mais benefícios aos alunos. As discussões seguem até o mês de junho, quando o curso passará à denominação de Técnico Integrado em Alimentos. A coordenadora do Curso Técnico Integrado em Panificação, professora Josiane dos Santos Lima, explica que o curso de Alimentos abre portas para uma atuação mais ampla de trabalho, considerando principalmente as demandas da região de Aparecida de Goiânia. A duração da grade curricular passará de quatro para três anos.

Nesta quarta-feira, 19, a Comissão recebeu três professores do Câmpus Goiânia Oeste que participaram da reformulação do Curso Técnico em Enfermagem naquela unidade do IFG, Katiane Martins Mendonça, Leandro de Jesus Dueli e Suzy Mara Gomes. No encontro, o chefe do Departamento de Áreas Acadêmicas, professor Wanderley Azevedo de Brito, falou sobre o processo de construção do novo regulamento dos cursos EJA, em que ele foi o relator no Conselho Superior do IFG. O novo documento foi aprovado este ano.

A coordenadora Josiane dos Santos Lima conta que além das experiências já conhecidas no IFG Aparecida de Goiânia, com a reformulação do curso de Modelagem do Vestuário, conhecer as práticas de outros câmpus é também muito enriquecedor para as discussões em andamento. Ela conta que a parte propedêutica do curso não terá alterações, porque devem atender à grade curricular do Ensino Médio. As mudanças vão se dar principalmente na parte técnica e em pontos específicos estabelecido pelo novo regulamento.

A diretora geral do Câmpus Aparecida de Goiânia, professora Ana Lucia Siqueira, destaca que a readequação do curso técnico integrado em Panificação, identificada pela área técnica do curso, será muito positiva aos alunos e à comunidade externa, por estar em conformidade com os arranjos produtivos do município de Aparecida de Goiânia. A expectativa é de que o novo curso já possa ser iniciado no segundo semestre, segundo informou a coordenadora Josiane Lima.

 

Imagens da reunião realizada dia 19 de abril

 

Coordenação de Comunicação Social e Eventos - Câmpus Aparecida de Goiânia

 

 

Fim do conteúdo da página