Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
EJA

Concluintes da primeira turma de Modelagem do Vestuário fazem exposição com peças autorais

Criado: Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 06h31 | Última atualização em Sexta, 09 de Fevereiro de 2018, 18h17

A I Exposição de Modelagem do IFG Aparecida de Goiânia está aberta a visitação no Aparecida Shopping até domingo, dia 4

Aluna Wilza Paula de Oliveira ao receber um abraço da coordenadora do curso de Modelagem do Vestuário, professora Yane Ondina na abertura da exposição
Aluna Wilza Paula de Oliveira ao receber um abraço da coordenadora do curso de Modelagem do Vestuário, professora Yane Ondina na abertura da exposição

A realização de um sonho e o desejo de ir além nos estudos e no trabalho foram os principais sentimentos manifestados pelas formandas da primeira turma do curso Técnico Integrado em Modelagem do Vestuário na abertura da “I Exposição de peças de vestuário produzidas por alunos de Modelagem do IFG Aparecida de Goiânia”, realizada na noite desta sexta-feira, 2, no Aparecida Shopping. Além da oportunidade de poderem exibir e falar sobre os modelos de roupas criados e confeccionados por elas, as concluintes do curso participaram com parentes e amigos da palestra “Você é o que Você Veste”, ministrada pela professora Karol Testoni, mestre em Arte e Cultura Visual.

O curso de Modelagem do Vestuário é oferecido na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) integrado ao Ensino Médio e a primeira turma conclui sua trajetória com a participação de 15 alunas, de 19 a 46 anos de idade. Marejando os olhos ao falar de sua participação na exposição de moda, a concluinte Dilma Francisca da Silva destacou sua gratidão pelo Instituto Federal de Goiás e pelos professores do curso de Modelagem do Vestuário pelo apoio para conclusão do Ensino Médio e por terem mostrado um mundo novo a ela. Dilma conta que pensou em desistir do curso muitas vezes em função de dificuldades de locomoção e por problema de saúde na família, mas que hoje sua vontade é estudar Design de Moda em um curso de graduação. “Eu já me sinto uma estilista”, afirmou.

Algumas alunas ingressaram no curso movidas pela aspiração de aprender ou se aperfeiçoar na área de moda e costura, caso de Regilda Rodrigues, outras pela vontade de cursar o Ensino Médio, como Marly Sampaio, mas ambas encontraram no curso EJA do IFG uma alternativa para elevação de renda e da escolaridade e falam estar vivendo a realização de um sonho. A coordenadora do curso, professora Yane Ondina, ressaltou que as formandas têm histórias de superação e revelou estar emocionada com o envolvimento das alunas no processo de produção das peças e com a beleza do coroamento da conclusão do curso em uma exposição de moda.

A abertura formal da exposição foi conduzida pela professora Gláucia Rosalina Machado, que parabenizou as formandas e seus familiares, destacando a enorme importância do apoio das famílias na trajetória das estudantes. Gláucia agradeceu a parceria do Aparecida Shopping na realização do evento. A diretora-geral do Câmpus Aparecida de Goiânia, professora Ana Lucia Siqueira, cumprimentou as formandas e destacou que o empenho de cada uma delas foi fundamental para o desenvolvimento e conclusão do Ensino Médio e de seu aprimoramento profissional no curso técnico em Modelagem do Vestuário. Ana Lucia destacou que o compromisso das alunas fez com que não apenas elas crescessem, mas também o próprio curso de Modelagem do Vestuário.

 

Palestra

Na palestra “Você é o que Você Veste”, a professora Karol Testoni atraiu a atenção da plateia e arrancou também risos e olhares de admiração, com as descontraídas dicas sobre como alguém pode ser autêntico e mais feliz por meio das roupas, calçados e acessórios que usa. Karol destacou que essas peças são códigos que promovem uma comunicação da pessoa com o mundo. “Qualquer roupa que impede que você faça bem o seu trabalho manda a mensagem errada”, afirmou.

Karol incentivou o público a se desfazer de peças em seus guarda-roupas e não terem apego às vestimentas guardadas. “Ter muita roupa ou muitos calçados é um problema”, comentou, acrescentando que as roupas transmitem mensagens não apenas aos outros, mas também às pessoas que as possuem. “Pra quê guardar o passado?”, questionou Karol, convidando o público à reflexão.

A palestrante ressaltou também a importância de a pessoa se vestir adequadamente à sua idade e ao ambiente. Ela comentou a importância de não se exagerar em maquiagem, minissaia ou decotes e disse que a primeira regra da elegância é a pessoa não querer aparecer, mas simplesmente se destacar com autenticidade. A professora relacionou a construção da autoestima e da felicidade com o equilíbrio do corpo e da alma, com senso de confiança, aceitação e valorização do que se é.

 

Exposição permanece até domingo

Karol Testoni ministra nova palestra no espaço Co-Working do Aparecida Shopping na manhã deste sábado, dia 3, com o tema “Vendedor, seja um Consultor de Moda”, em que ela vai abordar a importância de o vendedor conversar com o cliente e não “empurrar” os produtos que comercializa. A “I Exposição de peças de vestuário produzidas por alunos de Modelagem do IFG Aparecida de Goiânia” permanece instalada no shopping até domingo para visitação, em que o público pode também conversar com monitoras sobre o curso de Modelagem do Vestuário do IFG Aparecida de Goiânia e ter acesso a contatos das autoras das peças presentes na mostra.

 

Confira aqui as imagens da abertura da Exposição

 

Coordenação de Comunicação Social e Eventos / Câmpus Aparecida de Goiânia

Fim do conteúdo da página