Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
PESQUISA

Trabalho PIBIC é apresentado no 8º Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde

Criado: Quarta, 09 de Outubro de 2019, 14h42 | Última atualização em Quarta, 09 de Outubro de 2019, 20h08

Evento realizado em João Pessoa de 26 a 30 de setembro reuniu profissionais de diferentes áreas do conhecimento

imagem sem descrição.

Resultado de pesquisa contemplada pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio (PIBIC-EM), desenvolvida por estudantes egressas do curso técnico integrado em Vigilância em Saúde do Instituto Federal de Goiás (IFG) Águas Lindas, foi apresentado no 8º Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, em João Pessoa, que ocorreu de 26 a 30 de setembro.

O trabalho intitulado “A psicodinâmica do trabalho em Saúde Mental de profissionais de um Hospital Municipal de Goiás” foi desenvolvido pelas então discentes Vitória Vargas, Fernanda Oliveira, Micaela Barbosa e Denise Rodrigues, no período 2017-2018, sob orientação dos professores Joaquim Ribeiro e Ione Barros.

O Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde é um dos mais importantes eventos científicos organizados pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e reuniu pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação, profissionais da saúde e gestores para discutir sobre a saúde na perspectiva das ciências sociais e humanas.

De acordo com o professor Joaquim Ribeiro, a divulgação do trabalho acadêmico desenvolvido por estudantes do ensino médio foi um momento importante para dar visibilidade ao contexto social e de saúde pesquisado, uma vez que um os marcos do congresso é a pluralidade de ideias no que se refere ao enfrentamento das desigualdades sociais, das opressões, e da defesa incansável pelo direito à saúde pública por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

A egressa Fernanda Oliveira, que hoje cursa Enfermagem na Faculdade LS, com bolsa 100% ProUni, afirma que desenvolver um trabalho de caráter científico possibilitou enxergar a realidade de profissionais de diversas áreas e deixou uma reflexão sobre saúde mental. “Após participar desse trabalho, me sinto capaz de realizar outros projetos de pesquisa com mais propriedade no assunto, e na própria graduação já tive a oportunidade de expor conhecimentos adquiridos no decorrer dessa pesquisa”, afirma.

 

Trabalho buscou compreender as experiências e vivências dos trabalhadores de um hospital municipal em Goiás no que se refere ao cotidiano laboral e as situações de adoecimento mental 

Trabalho buscou compreender as experiências e vivências dos trabalhadores de um hospital municipal em Goiás no que se refere ao cotidiano laboral e as situações de adoecimento mental

A participação em eventos acadêmicos é uma oportunidade de criar diálogo com outras instituições e pessoas sobre os trabalhos que vem sendo desenvolvidos no cotidiano. “A periferia também faz pesquisa de qualidade, e ocupar espaços acadêmicos é o nosso papel enquanto docente e discentes compromissados com a transformação da sociedade” declara o professor Joaquim.

 

Comunicação Social / Câmpus Águas Lindas

Fim do conteúdo da página