Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Comemoração

Oitavo aniversário do Câmpus Formosa é comemorado com o Piqueníver

Criado: Sexta, 22 de Junho de 2018, 17h49 | Última atualização em Terça, 10 de Julho de 2018, 08h51

Música, peça teatral e piquenique coletivo pontuam a tarde

O oitavo aniversário do Câmpus Formosa, comemorado na tarde de ontem com o Piqueníver, foi marcado por uma grande confraternização entre alunos, servidores e familiares, no pátio do IFG, conduzido pelo diretor-geral do Câmpus Formosa e na presença do pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, Amaury França Araújo, representando o reitor do IFG, professor Jerônimo Rodrigues da Silva.

Todos à vontade, deitados em lençóis, tapetes e grama, sentados nos bancos, cadeiras e almofadas, ou mesmo em pé, conversavam e se divertiam ao som da voz e violão do servidor técnico-administrativo, Amado Rodrigues da Silva.

O entrosamento era claro. Servidores, terceirizados e alunos brincavam, jogavam bola, conversavam, riam, tiravam selfies, descontraídos, na bela tarde ensolarada. Na chegada, cada um deixava na mesa de guloseimas sua contribuição, assim como todos fazem na construção do Câmpus todos os dias.

O coordenador de Registros Acadêmicos e Escolares (Corae), Alessandro Rodrigues Vidal, abriu a tarde com um poema de sua autoria. O eu-lírico do poema era o próprio Câmpus, composto não de “pedras, tijolo, cimento, estatuto, planilha e resolução”, mas “de pessoas e união”. No poema, o autor fala de um câmpus múltiplo, diverso, inclusivo e que deseja a renovação.

O diretor-geral, Murilo de Assis Silva, parabenizou a todos os envolvidos na trajetória do IFG. “Desejamos que a história do IFG-Câmpus  Formosa continue sendo construída com persistência e determinação, de forma solidária e conjunta, cultivando sempre os valores fundamentais da nossa instituição, contribuindo sempre para o desenvolvimento humano e social de nossos discentes, para que estes possam ser capazes de atuar como sujeitos de mudança para nossa gente”, afirmou.

O pró-reitor falou da história dos institutos federais, parabenizando o Câmpus Formosa. “O Câmpus Formosa faz parte dessa história, o compromisso social de oferecer educação profissional pública, gratuita e de excelência a jovens e trabalhadores, do campo e da cidade, viabiliza a o acesso efetivo às conquistas científicas e tecnológicas, por meio da oferta de qualificação profissional”, declarou Amaury.

Na sequência, os alunos do 2º ano de Saneamento e a professora Caroline Iost apresentaram a peça teatral “O que faço com o meu lixo?”, cuja estreia foi durante a abertura do Simpósio de Meio Ambiente, na última segunda-feira, e participaram, com todos, do piquenique coletivo.

 

Acesse aqui a Carta da Direção-Geral à Comunidade Acadêmica.

Acesse as fotos do 8º aniversário do Câmpus na página do Instituto Federal de Goiás/Câmpus Formosa no Facebook.

 

Setor de Comunicação Social/Câmpus Formosa

Fim do conteúdo da página