Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página

Estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica podem requerer até três auxílios

Criado: Segunda, 20 de Março de 2017, 15h29 | Última atualização em Quarta, 29 de Março de 2017, 14h47

 Os auxílios fazem parte da política de assistência estudantil do IFG e buscam evitar a evasão escolar

 O Instituto Federal de Goiás (IFG), por meio de sua Pró-Reitoria de Extensão, abriu processo seletivo para a concessão dos auxílios Alimentação, Moradia, Transporte e Permanência. A novidade é a concessão, pela primeira vez, do auxílio Moradia, que passa a ser concedido pelo IFG por meio de um projeto piloto nos câmpus Jataí e Cidade de Goiás, onde, por meio de pesquisa, a Pró-Reitoria de Extensão identificou que são os câmpus com maior demanda para este auxílio.

 

Os estudantes dos cursos presenciais e que pertençam à família com renda de até 1,5 salário mínimo por pessoa podem pleitear até três auxílios. O valor dos auxílios Alimentação, Transporte e Permanência é de R$ 120 mensais cada, durante nove meses. Já o Auxílio Moradia é de R$ 225 reais mensais, durante dez meses.

 

Os alunos dos cursos técnicos em período integral, que já recebem Auxílio Alimentação, e os alunos dos cursos técnicos na modalidade de educação de jovens e adultos (EJA), que já recebem Auxílio Permanência, podem se inscrever para receber outros dois auxílios.

 

Inscrições devem ser feitas nas coordenações de assistência estudantil de cada câmpus, nas datas previstas no cronograma descrito no Anexo I 

Os estudantes que atendam aos critérios estabelecidos no edital para a concessão dos auxílios devem fazer suas inscrições nas Coordenações de Assistência Estudantil (CAEs) de seus câmpus. Para a inscrição, é necessário levar o formulário preenchido (Anexo II), o estudo da realidade socioeconômica (Anexo III) e os documentos exigidos no edital, inclusive os comprovantes de rendimentos dos membros do núcleo familiar.

 

O cronograma dos períodos de inscrição, por câmpus, está descrito no Anexo I do edital, assim como os horários de atendimento previstos em cada câmpus.

 

A seleção dos bolsistas será feita por meio de estudo socioeconômico, sob a responsabilidade dos profissionais de serviço social de cada câmpus, com base nos documentos apresentados e, se necessário, em entrevista e/ou visita domiciliar.

 

A política de assistência estudantil do IFG prevê a concessão dos auxílios como forma de minimizar as desigualdades sociais vivenciadas pelos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, para evitar a evasão escolar.

 

Confira o Edital de Assistência Social 2017.

 

Diretoria de Comunicação Social/ Reitoria.

Fim do conteúdo da página