Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
#CPGOIÁS

Comunidade acadêmica do Câmpus Goiânia Oeste marcou presença na Campus Party Goiás

Criado: Segunda, 09 de Setembro de 2019, 12h45 | Última atualização em Quinta, 19 de Setembro de 2019, 14h49

Mais de 60 mil pessoas passaram pelo Passeio das Águas Shopping durante os 5 dias de evento e a próxima edição já está confirmada

imagem sem descrição.

Após cinco dias de programação, terminou ontem, dia 8, a primeira edição em Goiás da Campus Party, maior evento de imersão tecnológica do mundo e que foi realizado em Goiânia, no Passeio das Águas Shopping. A Campus Party Goiás foi marcada pela grande participação da comunidade acadêmica do Instituto Federal de Goiás (IFG) desde o início do evento, no dia 4. O evento mobilizou mais de 500 estudantes e servidores dos 14 câmpus do Instituto Federal de Goiás (IFG).

Durante os cinco dias de evento, os alunos do IFG e os demais participantes que foram à CPGoiás tiveram a chance de conferir palestras de várias áreas do conhecimento, participar de workshops, minicursos, competições e outros micro eventos. Além dos 13 projetos presentes na Campus Future, o IFG apresentou, na seção de Startup e Makers, o projeto Agribussinessforyou, e também outras 14 atividades cadastradas como Talks, em palcos e locais variados.

 

PARTICIPAÇÃO SERVIDORES E ALUNOS

Na sexta-feira, dia 06, o técnico de Tecnologia da Informação do IFG Câmpus Goiânia Oeste, Wanderson da Silva Marques, participou do Talks Comunidade Inner Join, juntamente com dois egressos do curso de Sistemas de Informação do IFG, Cícero Mateus e Rogério Rodrigues Carvalho. Os três fazem parte do Grupy, o Grupo de Desenvolvedores Python de Goiás e apresentaram cases de sucesso que usam essa linguagem de programação para melhorar a vida das pessoas. Responsável pelos sistemas Caren, que faz triagem on-line e automatiza os pré-atendimentos na área de saúde, e Arbo, que faz detecção de anormalidades visando o combate à dengue, Wanderson ressaltou a importância de poder apresentar os projetos para um público tão amplo como o da Campus Party: “este é um espaço que faltava em Goiânia; é uma oportunidade fantástica para a gente expor os nossos projetos para um público maior e também conhecer o que outros pesquisadores estão desenvolvendo”.

O IFG ocupou lugar de destaque na premiação da Campus Party Goiás, preenchendo totalmente o ranking na premiação de um dos programas do evento, a Campus Future. Os projetos foram apresentados na área aberta e gratuita à visitação do público, onde foram apresentadas criações feitas por estudantes do ensino técnico de nível médio e superior.   

A técnica em assuntos educacionais do IFG Câmpus Goiânia Oeste, Aline de Moraes Rocha, visitou o evento com os familiares no final de semana e prestigiou os projetos apresentados pelos alunos do IFG: “Eu achei muito legal essa oportunidade que o evento deu de mostrar projetos realizados pela academia para a comunidade, porque às vezes a pesquisa é apresentada em eventos fechados e os projetos ficam restritos aquele nicho. Na Campus Party eles foram apresentados para a população em geral, na parte aberta e gratuita, e isso é a democratização do conhecimento e o acesso à tecnologia. Um egresso do IFG, que se formou recentemente, nos contou que estava apresentando um projeto que era do seu TCC e que já havia conseguido na Campus Party contatos de pessoas interessadas em aprimorar o protótipo dele e lançar no mercado”.

“O evento realmente foi voltado para toda família, com várias atividades como os simuladores de realidade virtual, as oficinas de criação de games e as palestras. A Campus Party foi um grande incentivo à acessibilidade dos avanços tecnológicos à população. Às vezes a gente acha que a tecnologia é inacessível, mas ela não é, ela está disponível e deve ser utilizada cada vez mais na formação dos nossos alunos”, comentou Aline.

Na quinta-feira à tarde, dia 05, 30 alunos dos cursos Técnicos em Análises Clínicas, em Nutrição e Dietética e em Vigilância em Saúde visitaram a Campus Party juntamente com a gerente de pesquisa pós-graduação e extensão, professora Charlise Fortunato Pedroso, e a assistente social, Clarice Gomes das Neves. “A gente conheceu vários projetos, o que achei mais interessante foi o da fazenda sustentável. Eu já tinha visto no youtube uma impressora 3D, mas nunca pessoalmente, foi muito legal ver as coisas sendo impressas na hora. O que eu mais gostei na visita foi a experiência da realidade virtual da montanha russa, foi ótima, muito divertida”, contou Bruna Gomes Borges, discente do segundo ano do curso Técnico em Análises Clínicas.

Para Júlia Viera Pontes, aluna da mesma turma de Bruna, o simulador de realidade virtual de um piloto de caça foi a atividade preferida da visita: “Achei incrível o simulador de pilotar um caça. Os projetos também que conhecemos são muito legais, tinha o da fazenda sustentável, o aplicativo de saúde que dava para ver onde o paciente estava, como ele se locomovia dentro do hospital e o que chamava maleta de engenheiro, um aplicativo multiuso e superinteressante também. Contribuiu muito com a nossa formação participar de um evento como esses porque a gente conhece coisas novas, novas tecnologias. Nós somos o futuro, por isso precisamos conhecer mais sobre isso tudo apresentado aqui”.

Dentre os 30 alunos que visitaram o Campus Party, a GEPEX do IFG Câmpus Goiânia Oeste sorteou três para receberem cortesias que garantiram aos estudantes a entrada gratuita a arena ao evento. As alunas sorteadas foram: Aislla Antonia Kuhn de Oliveira, Geovana Soares de Melo e Sarah Cristina Santos Lanfredi. Geovana Soares de Melo, discente do terceiro ano do curso Técnico em Análises Clínicas, gostou da participação na oficina Arte com borracha e da experiência de avaliar o jogo virtual Spheres: The Ancient Fuses, um jogo de plataforma 3D com foco em combate e em desafios de quebra cabeça produzido exclusivamente em Goiás.

Aislla Antonia Kuhn de Oliveira, aluna do terceiro ano do curso Técnico em Nutrição e Dietética, também elegeu a avaliação do jogo goiano como uma das atividades preferidas: “Participar da Campus Party foi muito bom, fizemos tanta coisa divertida, foi uma grande oportunidade. É importante a gente ter experiências como essas que o IFG está proporcionando para a gente. Visitar e participar desse evento é importante porque a tecnologia está crescendo cada vez mais e a gente precisa se atualizar porque essa tecnologia vai fazer cada vez mais parte das nossas vidas e das nossas profissões”.

Sarah Cristina Santos Lanfredi, estudante do terceiro ano do curso Técnico em Vigilância em Saúde, gostou tanto da experiência que voltou no sábado, dia 07, para participar de mais palestras e atividades promovidas pela Campus Party: “O evento trouxe conhecimento de muita tecnologia, tem coisa que eu nem sabia que existia e eu descobri aqui na Campus Party. Gostei demais de participar”.

 

INCLUSÃO E ACESSIBILIDADE

Antes mesmo da abertura oficial do evento, já na coletiva de imprensa do Campus Party Goiás, a tradutora e intérprete de língua de sinais do IFG Câmpus Goiânia Oeste, Lourena Cristina de Souza Barreto, promoveu a inclusão e acessibilidade dos surdos fazendo a tradução para a Libras. Lourena, participou dos cinco dias do evento, acompanhando participantes surdos e fazendo a tradução de palestras e atividades da Campus Party.

“Participar da Campus party foi muito interessante e foi um desafio para mim, primeiro porque área tecnológica possui muitos termos específicos. E é importante ressaltar que nem sempre uma palavra da língua portuguesa corresponde a um sinal correspondente e específico em Libras. Então eu precisei fazer um estudo para entender o significado das palavras e perceber se tinha ou não um sinal específico. Foi muito bom porque também aprendi com os surdos que acompanhei no evento que já são da área da tecnologia, que já possuem o conhecimento técnico da área. A palestra sobre robótica foi um grande desafio interpretar, mas foi muito bom, porque foi a que eles me disseram que mais gostaram. Eu me senti realizada em poder colaborar para que os surdos tivessem acesso a todo o conhecimento disponibilizado na Campus Party. Mesmo sendo um conhecimento tão específico e difícil de interpretar, fico feliz de ter conseguido desempenhar da maneira que era necessária, estou muito satisfeita e feliz de ter participado”, contou Lourena Cristina de Souza Barreto.

Lourena destacou ainda como a tecnologia tem avançado em auxiliar na comunicação entre surdos e ouvintes, como o projeto das luvas transceptoras desenvolvido pelo IFG. As luvas transceptoras traduzem a Língua de Sinais utilizando inteligência artificial, identificando os movimentos gestuais e comunicando estes movimentos na forma da língua escrita e falada, usando o computador como interface. O objetivo é auxiliar na comunicação entre o surdo e o ouvinte, entre o surdo e o cego e melhorar o ensino de Libras entre vários outros, com foco em inclusão social, dentre outros.

 

PRÓXIMA EDIÇÃO EM GOIÁS

Segundo o governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado, a edição goiana para 2020 já está confirmada. Essa primeira edição foi realizada com apoio do Instituto Federal de Goiás e parcerias com o Governo do Estado, Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeg), Sebrae e Sistema Faeg Senar. Foram cinco dias de imersão total em tecnologia e inovação, com mais de 500 participantes só do IFG, que apresentaram projetos nas bancadas, proferiram palestras, workshops, acordavam e dormiam diariamente respirando tecnologia. Em toda a Campus, foram mais de 350 horas de atividades, 265 palestras e 108 workshops, além dos 7 mil campuseiros e 2,5 mil acampados.

 

SOBRE A CAMPUS PARTY

A Campus Party é a maior imersão tecnológica em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo. O evento conta hoje com mais de 550 mil campuseiros cadastrados em todo mundo. Já produziu edições nos seguintes países: Espanha, Holanda, México, Alemanha, Reino Unido, Argentina, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia, Equador, Itália e Singapura. O evento está presente no Brasil há doze anos.

 

Mais informações sobre o evento, acesse: https://brasil.campus-party.org/

Confira as fotos da participação do Câmpus Goiânia Oeste na fanpage do câmpus: https://www.facebook.com/pg/ifggoianiaoeste/photos/?tab=album&album_id=2321357431457656

Veja as fotos da participação do IFG na Campus Party Goiás, na página do facebook IFG.oficial: https://www.facebook.com/pg/IFG.oficial/photos/?tab=album&album_id=2985544858140447

 

Coordenação de Comunicação Social/IFG Câmpus Goiânia Oeste.

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.

 

 

 

Fim do conteúdo da página