PATRIMÔNIO

Iphan autoriza reforma do Pórtico no Câmpus Goiânia

Com o aval positivo, obras deverão começar tendo previsão de entrega nas festividades do aniversário do Câmpus

  • Imprimir
  • Criado: Sexta, 06 de Março de 2020, 17h16
  • Última atualização em Quinta, 19 de Março de 2020, 20h23
imagem sem descrição.

O Câmpus Goiânia do Instituto Federal de Goiás (IFG) recebeu nesta sexta-feira, 6 de março, o ofício nº147/2020 do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) que autoriza as obras de intervenção para restauração do Pórtico alusivo ao Batismo Cultural de Goiânia. A Diretoria-Geral do câmpus aguardava o aval do órgão para dar início às obras, com a perspectiva de inauguração durante as festividades de aniversário da unidade, celebrado no dia 5 de julho.

A documentação analisada pelo Iphan refere-se ao memorial descritivo que conta com informações técnicas sobre a estrutura do pórtico, bem como suas atuais condições e conta com estudos do professor Oswaldo Cascudo, da Universidade Federal de Goiás. Esse levantamento foi possível após contratação, pelo Câmpus Goiânia, de empresa que se responsabilizou pelos estudos que culminaram no memorial, enviado em 26 de dezembro de 2019 ao Iphan. Além das informações técnicas, o memorial contém ainda o relatório de avaliação e projetos de intervenção paisagística, levantamento cadastral e mapeamento de danos.

Com a aprovação integral das intervenções de restauro, agora o Câmpus Goiânia contatará a empresa Elysium Sociedade Cultural que ficará responsável pela execução das obras. Segundo a diretora-geral do câmpus, professora Maria de Lourdes Magalhães, ter o sinal positivo do Iphan para a revitalização do Pórtico é uma vitória. “Isso é uma luta também das demais gestões. É uma conquista de todos, não somente das gestões, mas de todos os servidores que há quase uma década estão envolvidos nessa luta”, reforça.

A previsão é que todo o processo de restauro dure aproximadamente três meses, conforme cronograma emitido pela Elysium. Os recursos para o custeio das intervenções foram viabilizados pelo Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás.


Patrimônio e História

O Pórtico alusivo ao Batismo Cultural de Goiânia foi construído especialmente para a Exposição Cultural Econômica da Capital, em 1942. Ele integra, assim como os Blocos 100 e 200, a área do Câmpus Goiânia do IFG tombada pelo Iphan como um bem isolado e edifício público que compõe o acervo arquitetônico e urbanístico Art Déco da cidade.

O tombamento ocorreu na época em que a Instituição era chamada de Centro Federal de Educação Tecnológica de Goiás (CEFET-GO) e refere-se a edificações erguidas na época da Escola Técnica de Goiânia.

Confira mais informações sobre o Pórtico do Câmpus Goiânia.


Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia.