Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Nota de Pesar

IFG presta solidariedade e registra condolências pelo falecimento do reitor do IFRS

Osvaldo Casares Pinto era professor da Rede há 34 anos e faleceu em decorrência de um câncer

  • Criado: Sábado, 02 de Dezembro de 2017, 18h30
  • Última atualização em Quinta, 14 de Dezembro de 2017, 09h52
Foto: IFRS
Osvaldo também foi diretor-geral do Câmpus Rio Grande por dois mandatos e pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do IFRS por três anos. Era casado com Carmen Lenira de Ávila Pinto.
Osvaldo também foi diretor-geral do Câmpus Rio Grande por dois mandatos e pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do IFRS por três anos. Era casado com Carmen Lenira de Ávila Pinto.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) lamenta profundamente o falecimento do professor Osvaldo Casares Pinto, reitor do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), na manhã deste sábado (2). Nesse momento de dor, o IFG solidariza-se com os familiares, amigos e colegas do professor Osvaldo, além de toda a comunidade acadêmica do IFRS.
A morte prematura foi em decorrência de um câncer, doença com a qual Osvaldo lutava há mais de um ano. Osvaldo atuava há mais de 34 anos no magistério, sempre na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica - no antigo Colégio Técnico Professor Mário Alquati, hoje Câmpus Rio Grande.
O reitor foi empossado em fevereiro de 2016, após ter sido eleito pela comunidade acadêmica no final de 2015, e parte deixando um legado de luta incansável pela educação pública, gratuita e de excelência.

Fim do conteúdo da página