Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Evento

Exposições, oficinas, palestras, documentários são atrações do Goiânia Art Déco Festival no Câmpus Goiânia

Nos dias 25 e 26 de maio, serão realizadas atividades culturais gratuitas, no câmpus, com ênfase no patrimônio Art Déco de Goiânia

  • Criado: Quarta, 23 de Maio de 2018, 08h58
  • Última atualização em Quarta, 06 de Junho de 2018, 17h45
Programação do Goiânia Art Déco Festival acontece de 25 a 26 de maio, no IFG - Câmpus Goiânia.
Programação do Goiânia Art Déco Festival acontece de 25 a 26 de maio, no IFG - Câmpus Goiânia.

O Instituto Federal de Goiás (IFG) – Câmpus Goiânia é uma das instituições que estão na organização do Goiânia Art Déco Festival, que busca inserir a capital dentre o circuito internacional de eventos das cidades Art Déco no mundo. O evento, que iniciou no último dia 18 de maio, com programação na Vila Cultural Cora Coralina e na sequência no Instituto Lato Sensu, prossegue nos dias 25 e 26 de maio, com palestras, exposições, oficinas, passeios artísticos e muitas outras atividades culturais gratuitas no Câmpus Goiânia.

Serão realizadas cerca de 18 atividades no IFG – Câmpus Goiânia. Para participar das palestras, oficinas, debates e passeios, os interessados devem se inscrever pelo site do Instituto Lato Sensu. Os inscritos receberão certificados de participação.

No Câmpus Goiânia, a programação do festival começa no dia 25, a partir das 8 horas, com exposição de desenhos: Patrimônio Adormecido, de Gutto Lemes, e será aberta ao público a exposição fotográfica Eu Curto e Cuido, organizada pela Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia, com fotos que mostram as celebrações de inauguração de Goiânia durante o Batismo Cultural da cidade, no qual parte das comemorações ocorreram nas dependências da antiga Escola Técnica de Goiânia (atual IFG - Câmpus Goiânia) e mais fotografias sobre o passado e o presente da instituição. A mostra de desenhos e a exposição fotográfica serão realizadas no foyer do Teatro do IFG – Câmpus Goiânia.

Ainda no dia 25, às 10 horas, acontece o passeio artístico com visita guiada pelas obras de arte existentes no câmpus, sob a supervisão da professora do IFG, Shirley Elias Vilela. No passeio artístico, o público poderá contemplar obras de renomados artistas goianos, como Gustav Ritter, Neusa Moraes, entre outros. Ao todo, serão realizados quatro passeios artísticos na programação do festival, nos dias 25 e 26 de maio. Para quem curte documentários, pode conferir o Cine Déco – Mostra de Documentários, em que serão exibidos os filmes: Patrimônio Adormecido Art Déco, Julie Agosto e Setembro, Minha Casa é o Parque, Life, Você Conhece o Lago das Rosas? Em Cada Tempo um Modo de Viver o Lago, com a curadoria do professor do IFG, Júlio Vann, às 13h30, no Teatro do IFG – Câmpus Goiânia.

No IFG – Câmpus Goiânia, ocorrerão também palestras. No dia 25, às 10 horas, no Teatro do IFG - Câmpus Goiânia, a palestrante convidada Andréa Luísa Teixeira fará uma exposição A Influência Art Déco na Música após a Década de 20, em que tocará, pela primeira vez, após os anos de 1960, a peça Goiânia Jubilosa, escrita em homenagem ao então Senador da República e fundador de Goiânia, Pedro Ludovico Teixeira. A peça é de autoria do músico belga Jean Douliez, que chegou nos anos de 1950 em Goiânia, mas sorveu muito do espírito Art Déco da cidade. À tarde, 15 horas, tem palestra: Um painel Art Déco na literatura goianiense nas décadas de 30 e 40 e influência da poética da Cidade na literatura brasileira, com as palestrantes convidadas, Maria de Fátima Gonçalves Lima e Elisabeth Abreu Caldeira Brito, também no Teatro do IFG - Câmpus Goiânia. 

Na programação, tem atração internacional com palestra da arquiteta argentina, Adriana Elvira Piastrellini, que fará exposição sobre o tema: Art Déco nas Américas, no dia 25, às 19 horas, no Teatro do IFG – Câmpus Goiânia. No sábado, dia 26, a programação do festival continua com as exposições fotográfica e de desenhos no Câmpus Goiânia e serão realizadas ainda oficina de confeitaria, com chef Guilherme Conrad, às 9 horas, e oficina de cervejas com o mestre cervejeiro Edmilson Silva, às 14 horas, ambas no Laboratório Gastronômico.

Para os amantes de veículos de época, haverá a exposição do Clube de Veículos Antigos de Goiás, às 13 horas, no estacionamento do câmpus. O público poderá conferir mais de 10 exemplares de carros das décadas de 1920 a 1970, dentre eles, os famosos Fordinhos.

Ainda no período da tarde, haverá apresentação cultural do grupo de chorinho do IFG, às 16 horas. E ao final do evento no dia 26, às 17 horas, os organizadores firmarão um Protocolo de Intenções, no Teatro do IFG – Câmpus Goiânia.

O Goiânia Art Déco Festival é idealizado pela ONYGO, com patrocínio do Instituto Lato Sensu e apoio institucional da Vila Cultural Cora Coralina, Governo do Estado de Goiás, Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (SEDUCE), Universidade Federal de Goiás (UFG), Instituto Federal de Goiás (IFG) – Câmpus Goiânia, SESC Goiás, ITEGO Basileu França e Prefeitura de Goiânia. Apoio cultural também da 588 Art Show, Castro’s Park Hotel, Prestígio Turismo, Cerveja Astúria, Clube de Veículos Antigos de Goiás (CVA), Luppa Criativa, Adba - Art Déco Argentina e UNIMED.


Ilustre patrimônio

O edifício onde hoje é o IFG – Câmpus Goiânia, na época da então Escola Técnica de Goiânia sediou parte da programação de inauguração da nova capital de Goiás, em 5 de julho de 1942, durante Batismo Cultural de Goiânia. Assim como as pioneiras edificações da capital, o prédio do atual câmpus foi concebido de acordo com o estilo arquitetônico Art Déco, proposto pelo arquiteto e urbanista Attilio Corrêa Lima para o plano urbanístico de Goiânia.

É devido a esse patrimônio histórico e arquitetônico que o IFG - Câmpus Goiânia é reconhecido dentre os 22 edifícios públicos que compõem o acervo arquitetônico e urbanístico Art Déco da cidade, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 2003. Além do tombamento junto ao Iphan, em 2003, o edifício e o terreno da Escola Técnica Federal de Goiás foram tombados, anteriormente, pelo Governo do Estado de Goiás, a cargo da Fundação Cultural Pedro Ludovico Teixeira, como um dos 24 bens culturais materiais de Goiânia, conforme Decreto nº 4.943, de 31 de agosto de 1998.

 Confira a programação do Goiânia Art Déco Festival

Mais informações sobre o Goiânia Art Déco Festival na página do evento no Facebook.

 

Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia.

Fim do conteúdo da página