Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

IFG inaugura primeira árvore solar da cooperação com a Enel/Aneel

Criado: Quinta, 17 de Maio de 2018, 11h59 | Última atualização em Segunda, 28 de Maio de 2018, 16h47

Equipamento foi inaugurado ontem, dia 16 de maio, no Câmpus Goiânia

Projeto de Eficiência Energética do IFG 
Projeto de Eficiência Energética do IFG


Esse ano será de economia de energia elétrica e redução de gastos no Instituto Federal de Goiás (IFG), em função da instalação de duas árvores solares na Instituição, como parte da cooperação técnica entre o IFG e a Enel Distribuição Goiás/Aneel. A primeira delas foi inaugurada nesta quarta-feira, 16 de maio, no Teatro do IFG que fica no Câmpus Goiânia.

Foram instalados na árvore painéis fotovoltaicos, que captam a luz solar transformando-a em energia elétrica. De acordo com o professor e coordenador do projeto no Câmpus Goiânia, José Luis Domingos, a árvore solar trata-se de “uma obra de arte que gera energia elétrica e impressiona pelo design diferenciado”. À noite, durante a inauguração, o público pode conferir o sistema de iluminação que confere tons coloridos ao equipamento.

Além da inauguração da árvore solar, foi lançado oficialmente o Projeto de Eficiência Energética do IFG, que prevê a instalação de usinas fotovoltaicas em algumas unidades do IFG, ações nos sistemas de iluminação, aquecimento solar de água, geração de energia elétrica através de sistemas fotovoltaicos, monitoramento e gestão de energia, além da realização de pesquisas.

Os Termos de Cooperação Técnica com a Enel/Aneel foram assinados em 5 dezembro do ano passado, sendo um exclusivamente para o Câmpus Goiânia, e outro para as ações nos câmpus Anápolis, Aparecida de Goiânia, Formosa, Inhumas, Itumbiara, Jataí, Luziânia, Valparaíso, Uruaçu e Senador Canedo.
A árvore solar tem cerca de 11 m², ocupa uma área aproximada de 20 m², conforme informações divulgadas à época da formalização dos acordos, e resultará em economia de energia elétrica pela unidade do IFG onde está instalada. A vida útil de cada árvore é de 20 anos. A potência de sistema de cada árvore será de cerca 2.6 kWp (potência gerada pelo sistema fotovoltaico) e além de contribuir para economia de energia, o equipamento contribui para a redução da emissão de gás carbônico (CO2).

Para o reitor do IFG, professor Jerônimo Rodrigues da Silva, as ações tem grande importância pois “além dos benefícios para a economia de energia, para a pesquisa e para a sustentabilidade e meio ambiente, teve origem em um trabalho de mestrado feito por um egresso do IFG”.

 

O projeto
Pelos termos da Cooperação, o projeto tem previsão de ser executado durante o ano de 2018. Em todos os câmpus, devem ser substituidos mais de 32 mil lâmpadas e luminárias, além da instalação de quase 4 mil placas solares, de 315 Wp cada, e 37 inversores, o que deve gerar uma economia de 80% na conta de energia elétrica de todo o IFG, após a total implementação do Projeto.

Já foram instalados os sistemas de micro e minigeração solar fotovoltaico para eficiência energética nos câmpus Itumbiara e Uruaçu e em breve será inaugurada a segunda árvore solar do IFG, que está em fase final de implantação no Câmpus Itumbiara.

Além dessas duas frentes de ações, o IFG também integra, na área da eficiência energética e da energia solar fotovoltaica, outro projeto, intitulado Avaliação Técnica, Econômica e Estratégica para Implementação de Sistema Fotovoltaico Conectado à Rede do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, cujo Termo de Cooperação foi assinado em março do ano passado, entre o IFG, a Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos do Estado de Goiás (Secima) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg). Essas três instituições da implementação do projeto, que deve ser encerrado em 2019. Os investimentos, por parte da Secima e da Fapeg, são da ordem de R$ 2 milhões para execução de todo projeto, sendo de responsabilidade do IFG o apoio técnico, administrativo, financeiro e operacional para instalação da usina fotovoltaica, dentre outros.

 

Saiba mais sobre o assunto:
http://ifg.edu.br/ultimas-noticias/6243-campus-uruacu-inaugura-segunda-usina-fotovoltaica-do-ifg
http://ifg.edu.br/ultimas-noticias/5928-usinaitumbiara
http://ifg.edu.br/ultimas-noticias/3835-ifg-tera-sistema-de-geracao-de-energia-solar-fotovoltaica-em-nove-campus
http://ifg.edu.br/ultimas-noticias/2545-projetousina

http://www.ifg.edu.br/component/content/article/17-ifg/ultimas-noticias/6313-cooperacoesusinasfotovoltaicas

http://ifg.edu.br/component/content/article/161-ifg/campus/goiania/noticias-campus-goiania/8255-campus-goiania-inaugura-arvore-solar-e-lanca-projeto-de-eficiencia-energetica

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.

Fim do conteúdo da página