Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
COVID-19

Saúde mental e emocional é tema de várias ações realizadas no IFG

Criado: Quinta, 23 de Abril de 2020, 16h05 | Última atualização em Quinta, 14 de Maio de 2020, 16h33
imagem sem descrição.

Acolhimento. Apoio. Escuta. Saúde mental, emocional e psicológica. Essas são algumas das questões que estão sendo observadas com muita atenção nos câmpus e na reitoria do Instituto Federal de Goiás (IFG), durante o período do enfrentamento à pandemia do coronavírus. Desde o início da pandemia da Covid-19, ações institucionais envolvendo a saúde mental e emocional se multiplicam nas unidades da Instituição, visando acolher estudantes e servidores que precisam de atenção.

O isolamento social, o medo, a incerteza com o futuro, a mudança no ritmo das relações sociais, tudo isso pode gerar ou potencializar problemas, como a depressão, a ansiedade, a dificuldade de lidar com situações cotidianas e até mesmo gerar brigas, tristeza e solidão. Diante desse cenário complexo, surge a necessidade de preservar a saúde psicológica e mental. Pensando nisso, diversos setores do IFG, como coordenações de assistência aos estudantes e aos servidores, têm trabalhado no sentido de acolher a comunidade acadêmica. Além disso, na última reunião do Comitê Operativo de Emergência Covid-19 do IFG, o reitor Jerônimo Rodrigues da Silva destacou que essas ações voltadas ao suporte e orientação psicológica de servidores e estudantes devem ser uma prioridade institucional.

O pró-reitor de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos (PRODIRH), Amaury França, destaca que a situação é complexa e exige atenção: “estamos vivendo momentos difíceis em nível nacional e internacional no que se refere a essa pandemia da Covid-19. Por isso as ações que tratam da saúde mental e emocional dos servidores são muito relevantes, principalmente neste momento de distanciamento social”.

Dessa forma, com o objetivo de auxiliar a saúde emocional da comunidade acadêmica no período de isolamento social, psicólogos do IFG começaram a estruturar ações visando ao atendimento de alunos e servidores. Surgidas a partir de vários motivos, como o diálogo com outros câmpus e com as pró-reitorias ou oriundas de iniciativas dos próprios servidores do IFG ou, ainda, frutos da observação das demandas da comunidade acadêmica, as ações têm acontecido em toda a Instituição. Parabenizando pelas ações realizadas e em andamento, o pró-reitor Amaury destacou o trabalho dos servidores: “nossos profissionais atuam de forma positiva e não medem esforços para contribuir, realizando ações simples, relevantes, acessíveis e muito eficientes”.

 

Ações na reitoria

No âmbito da reitoria, foi realizada uma entrevista ao vivo no perfil do Instagram da Instituição. Na ocasião, foi entrevistada a psicóloga da Coordenação de Assistência ao Servidor, Thaís de Camargo, sobre o tema "Saúde emocional em tempos de pandemia". O conteúdo da entrevista pode ser acessado aqui: http://ifg.edu.br/ultimas-noticias/17623-psicologa-do-ifg-alerta-para-a-importancia-da-aceitacao-da-situacao-e-do-equilibrio-pessoal

Também estão sendo disponibilizados apoio psicológico e orientação a todos os servidores do IFG. Para isso, basta que o servidor encaminhe um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., solicitando o serviço e indicando seu meio de contato preferido: e-mail, WhatsApp, telefone ou videoconferência. A psicóloga da CAS, Thais de Camargo Oliveira, entrará em contato e passará a acompanhar o servidor. Esse serviço de orientação e apoio tem sido procurado por muitos servidores, desde a sua divulgação no dia 13 de abril, e vai continuar sendo oferecido mesmo depois do final da quarentena.

Além dessa orientação e apoio psicológico, foi organizado um grupo virtual intitulado “Conversas de Quarentena”, cujas reuniões acontecerão todas as sextas-feiras, às 19 horas, via Google Meet. O grupo, que tem como objetivo proporcionar um ambiente de encontro e troca de experiências sobre o período de isolamento, teve o seu primeiro encontro no dia 17 de abril e deve se reunir enquanto durar o período de isolamento social. Todos os servidores do IFG estão convidados a participar. Os interessados podem enviar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. para receber o link para os próximos encontros.

De acordo com a Coordenação, o primeiro encontro contou com aproximadamente 25 servidores, que tiveram a oportunidade de falar sobre o que têm sentido e como têm encarado esses dias de isolamento social: “foram levantadas dificuldades com a organização da rotina de trabalho, saudades, medo da própria morte e da morte de pessoas queridas, dificuldades de relacionamento, ansiedade, mas também foram relatados bons aprendizados, maior convivência com a família, autoconhecimento e esperança”.

A CAS também informa que tem dado continuidade ao serviço de acompanhamento aos servidores que estiveram, nos últimos tempos, adoecidos por motivos psicológicos. Agora esse atendimento é feito via WhatsApp. Além disso, o Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor Federal (SIASS) está disponível pelo telefone 62 99228-0922 para orientações sobre atenção à saúde e segurança do servidor, bem como para recebimento de solicitações específicas de demandas relacionadas às atividades daquele setor. Há um e-mail alternativo para atendimento. Ele pode ser solicitado à Coordenação de Assistência ao Servidor da Reitoria.

Como ressaltou a psicóloga Thais Oliveira, “estamos nos reinventando a cada dia, aprendendo a lidar com essa nova realidade ao mesmo tempo em que apoiamos o mesmo aprendizado nos nossos colegas servidores. Muitas ideias e necessidades vão surgindo diariamente, de forma que a lista de ações pode ser atualizada”.

 

Acolhimento, escuta e orientação nos câmpus

No Câmpus Anápolis, o serviço de psicologia escolar da Coordenação de Apoio Pedagógico ao Discente (CAPD) abriu um canal de comunicação com os alunos para atendimento psicológico emergencial e orientação breve. A ação visa atender demandas emergenciais relacionadas à psicologia escolar que possam ser desenvolvidas durante o período de quarentena, como escutas breves, orientações sobre serviços públicos de saúde mental e aconselhamento psicológico. 

Para serem atendidos, os alunos do Câmpus Anápolis poderão entrar em contato com os psicólogos da unidade pelos e-mails institucionais dos servidores Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e agendar horários para atendimento virtual. Os profissionais entrarão em contato para marcar o horário adequado. É importante que o aluno, ao enviar o e-mail, deixe seu telefone de contato para ser acessado.

 

No Câmpus Aparecida de Goiânia, está sendo realizada ação de escuta ativa especializada pela psicóloga da Coordenação de Assistência Estudantil (CAE), Ieda Vilela Machado, aos estudantes que estão se sentindo ansiosos, depressivos e com dificuldade de lidar com o isolamento social. A psicóloga explica que não se trata de terapia, mas de diálogos e de escuta particular a distância, com o sigilo necessário garantido. Assim, o estudante faz o agendamento via Sistema Unificado de Administração Pública (SUAP), e a psicóloga entra em contato com ele para o diálogo, que é feito por teleatendimento, conforme instruções do Conselho Federal de Psicologia.

Ieda Machado já realizava esse trabalho presencialmente no Câmpus no período de aulas regulares e manteve o atendimento a distância no período de suspensão do calendário acadêmico do IFG. Essa ação foi divulgada em grupos de WhatsApp dos estudantes e nas redes sociais do Câmpus Aparecida de Goiânia.

Saiba mais sobre a ação na página do Câmpus: http://ifg.edu.br/component/content/article/149-ifg/campus/aparecida-de-goiania/noticias-campus-aparecida/17747-16-04-psicologia

 

No Câmpus Cidade de Goiás, desde o início de abril, com o objetivo de amenizar o estado de sofrimento psíquico dos estudantes no momento de pandemia, está sendo realizada a ação “Cuidando da Saúde Mental”. Por meio dela, a área de psicologia da Coordenação de Assistência Estudantil (CAE) está ofertando o serviço especializado de escuta ativa aos estudantes que se sentem ansiosos, depressivos e com dificuldades de lidar com o isolamento social. Como afirma a psicóloga do Câmpus, Cláudia Amaral Trindade, “não é terapia, mas pode ser terapêutico”. Por meio da ação, são estimulados diálogos e escuta particular a distância, sobre os anseios vivenciados, tendo o sigilo como algo fundamental.

 

Conheça a ação: https://www.instagram.com/p/B-h4WbSh2PX/  

 

No Câmpus Goiânia, está sendo realizada pela CAPD atividade de “escuta e atendimento psicológico virtual”.  A escuta é realizada com atendimento via WhatsApp, por meio de agendamento a partir do link: https://atendimento-psicologia-departamento-03.appointlet.com/s/atendimento-online-por-video-e-voz/julia-andres-julia. São disponibilizados dois horários de atendimento por dia semanalmente. O aluno realiza o agendamento da data e o horário disponível. A psicóloga Júlia Andrès Rossi entra em contato com o interessado via WhatsApp confirmando o atendimento. Além disso, o aluno recebe também, via e-mail, uma mensagem de confirmação. Na data e horários agendados, a psicóloga do Câmpus Goiânia realiza chamadas de vídeo pelo WhatsApp. Cada atendimento dura cerca de 50 minutos. Para que a escuta seja proveitosa e ocorra da melhor maneira, a psicóloga recomenda que o aluno interessado tenha acesso à internet e use fones de ouvido durante o atendimento e permaneça num local mais reservado e sem interrupções.


Podem entrar em contato também estudantes de quaisquer cursos do Câmpus Goiânia do IFG que estão sentindo algum tipo de angústia em relação à situação de isolamento e às incertezas.  A iniciativa integra também a campanha institucional promovida pelo Câmpus Goiânia do IFG: Respeitar, Cuidar e Acolher.

 Mais informações sobre a ação podem ser conhecidas na página do Câmpus, pelo link: http://ifg.edu.br/component/content/article/161-ifg/campus/goiania/noticias-campus-goiania/17709-estudantes-do-campus-goiania-podem-contar-com-escuta-e-atendimento-psicologico-virtual

 

No Câmpus Goiânia Oeste, desde o dia 14 de abril, tem ocorrido a “ConversAção em rede”.  Realizada por meio da Coordenação de Assistência ao Estudante e do serviço de psicologia do Câmpus, a ação tem oportunizado aos estudantes da unidade um espaço/tempo para escuta de suas angústias, anseios e medos.

Como destaca a psicóloga responsável pelo projeto, Aline Seixas Ferro, “não é psicoterapia, mas sim espaço de acolhimento ao ser, cuidado de si e estreitamento dos laços entre nós da comunidade escolar”. Com o diálogo estabelecido por meio de ferramentas digitais, a ação é pautada na oportunização de um espaço de cuidado à saúde mental dos estudantes e na compreensão de que o distanciamento social, em função da Covid-19, não precisa ser sinônimo de solidão. A ação é pautada também no fortalecimento dos laços da comunidade escolar.

Para acesso ao serviço, basta que os estudantes enviem uma solicitação para o setor de psicologia da CAE, pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Confira um pouco da ação nas redes sociais do Câmpus:

 

No Câmpus Inhumas, desde o início de abril, tem sido realizado um projeto pela Coordenação de Assistência Estudantil (CAE) e pela Coordenação de Apoio Pedagógico ao Discente (Capedisc). Intitulado “Vamos Conversar?”, o projeto oferece aos alunos um espaço on-line de escuta e aconselhamento psicológico nesse momento de isolamento social em razão da pandemia do novo coronavírus. Os interessados devem entrar em contato com os psicólogos do Câmpus Inhumas por e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Posteriormente, os servidores farão os agendamentos das conversas. Os atendimentos são feitos de acordo com a disponibilidade do aluno, utilizando as ferramentas on-line mais acessíveis.

 

Saiba mais sobre a ação: Projeto oferece espaço online de escuta e aconselhamento psicológico

 

No Câmpus Itumbiara, os trabalhos na Coordenação de Assistência ao Estudante (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.) têm focado o reforço na comunicação para orientação. O psicólogo da unidade, Danilo Silva, está à disposição para atendimento psicológico, por meios tecnológicos de comunicação a distância, respeitando as definições do Conselho Federal de Psicologia. Nesse sentido, estudantes que tiverem interesse no atendimento podem solicitá-lo pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. . O formato do atendimento ocorre conforme demanda e avaliação de viabilidade técnica e ética. Trata-se de atendimento sigiloso e, no caso de crianças ou adolescentes, exige a autorização expressa de pelo menos um dos responsáveis legais.

Outras ações realizadas no Câmpus Itumbiara envolvem o Núcleo de Atendimento a Pessoas com Necessidades Específicas (Napne), que se colocou à disposição da comunidade escolar pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. As ações desenvolvidas são continuidade do trabalho já desenvolvido anteriormente pela CAE e pelo próprio Napne.

Outra iniciativa que está sendo realizada no Câmpus Itumbiara é a “Super + Ação”, um atendimento virtual, via e-mail ou WhatsApp, aos estudantes nesse período de isolamento social e suspensão do calendário acadêmico em função da pandemia do coronavírus.

Segundo as servidoras da Coordenação de Acompanhamento Pedagógico ao Discente, “a iniciativa surgiu da uma necessidade das servidoras do CAPD em atender os alunos e acolhê-los para que eles sintam-se apoiados e com a liberdade de nos procurar”. Diante do atendimento, as servidoras também se depararam com a dificuldade tecnológica, uma vez que nem todos os estudantes tem celular com banda larga. Além disso, a Direção-Geral e o Departamento de Áreas Acadêmicas também sentiram a necessidade de a CAPD realizar uma ação específica de atendimento aos alunos nesse período. 

Iniciada no dia 13 de abril, a ação tem o objetivo de apoiar o aluno neste momento de isolamento social para a prática e a organização de estudos e conhecimentos. O horário de atendimento virtual é de segunda a quinta-feira, das 13h às 19h. E sexta-feira, das 7h às 13h. O atendimento é feito por Ana Flávia Gomes Garcia (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.) ou Ana Paula Araújo Martins (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.).

Saiba mais sobre a ação na página do Câmpus: https://www.ifg.edu.br/component/content/article/170-ifg/campus/itumbiara/noticias-campus-itumbiara/17717-capd-apoio-virtual

 

No Câmpus Luziânia, tendo em vista a promoção da saúde emocional dos alunos, tem sido realizada, desde o dia 24 de março, uma ação chamada de “Psicologia Escolar”. Na verdade, por meio do perfil no Instagram @psicologiaescolar.ifgluziania são publicados posts psicoeducativos com temáticas voltadas à saúde emocional. A intenção é orientar e contribuir para que todos passem por esse período tendo um canal de comunicação e acesso a informações sobre o tema. Não são feitos atendimentos on-line, mas são dadas dicas e orientações sobre a saúde emocional nesse período de isolamento social. Participam da ação as psicólogas do Câmpus Jeisa Marcondes e Taisa Fidelis. No dia 28 deste mês, segundo o perfil, o Câmpus irá promover um roda de conversa on-line com as duas psicólogas da unidade de ensino e também com o professor Fábio Passos. A roda de conversa virtual terá como tema "Tempos de pandemia: a importância do meio ambiente e da psicologia para a saúde".

 

Para saber mais sobre as ações do Câmpus, acesse:

 

No Câmpus Uruaçu, os estudantes que desejarem apoio, orientação e acompanhamento devem enviar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O atendimento virtual ocorre também pelo WhatsApp da CAPD: (62) 3357-8190. O horário preferencial de atendimento virtual será de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. Nesse acompanhamento psicopedagógico on-line, a Coordenação faz o repasse de informações confiáveis sobre a situação atual e sobre as decisões institucionais para os estudantes e seus responsáveis; atende aos alunos dos terceiros anos  para orientações quanto ao Enem; e envia mensagens positivas e de saúde mental pelas redes sociais oficiais do IFG Uruaçu.

Além disso, essa Coordenação do Câmpus Uruaçu apresenta orientações quanto ao estudo autônomo e orientado, com indicações de sites de estudo e material para organização da rotina diária, promove acolhimento e escuta ativa terapêutica on-line para alunos que estiverem se sentindo depressivos, ansiosos, com dificuldade em lidar com a situação de isolamento social e com as incertezas geradas pelo momento que vivenciamos. É importante ressaltar que não se trata de psicoterapia, mas de um cuidado especial com a saúde emocional daqueles que necessitam. Os alunos interessados podem encaminhar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., informando o dia da semana e o horário disponível, durante o turno matutino, e aguardar o contato da profissional responsável, que fará o agendamento, assim que for possível.

Para mais informações sobre a ação no Câmpus Uruaçu, clique aqui.

 

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria, com informações das coordenações de comunicação dos câmpus do IFG.

 

Fim do conteúdo da página