Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Dia Internacional da Mulher

Debates marcam as comemorações ao Dia Internacional da Mulher no Câmpus Luziânia

Criado: Quinta, 08 de Março de 2018, 17h15 | Última atualização em Sexta, 13 de Abril de 2018, 08h46

As atividades continuam nesta sexta-feira, 9

imagem sem descrição.

Estudantes e servidores participam, nesta semana, das atividades em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Mesas redondas, cine pipoca e palestras marcam essa semana de discussão no Câmpus Luziânia. As atividades são abertas à comunidade em geral e continuam nesta sexta-feira, 9 de março.

Para o diretor-geral do Câmpus Luziânia, professor Reinaldo Reis, essas atividades são iniciativas importantes que buscam esclarecer sobre os direitos e conquistas das mulheres. “Esperamos melhorar a conscientização, pois no nosso país ainda temos muito o que fazer com relação a dignidade da mulher”, afirmou Reinaldo Reis.

Ontem, importantes debates foram realizados. A mesa redonda com as professoras do câmpus, Patrícia Machado e Paula Almeida, trataram sobre Os homens que não amam as mulheres e Ideais feministas sobre gênero, raça e violência. Já no período noturno, as discussões envolveram os temas Violência contra a mulher no município de Luziânia: cenários e desafios, com a Delegada da Mulher, Dilamar Aparecida de Castro Souza; e A subjetividade das mulheres vítimas de violência conjugal, com o professor de Psicologia da Universidade de Brasília, Jonas Carvalho e Silva.

Segundo o professor de psicologia da UnB, Jonas Carvalho, “é importante pensarmos que todas essas comemorações e festividades caracterizam um momento de festejar a existência das mulheres. O Dia Internacional da Mulher caracteriza-se também por momentos para pensarmos as experiências de autonomia e de construção de subjetividade das mulheres”.

Em um café da manhã coletivo entre as servidoras do Câmpus Luziânia, realizado na manhã desta quinta-feira, 8, a gerente de Administração, Ione Velame, agradeceu a todas as presentes por poderem partilhar destes momentos. “Hoje o dia é importante não só por representar o Dia da Mulher, mas também por representar toda a força do universo. Pois, mulher é isso. Ela luta, ela inspira, ela sofre, ela alegra”, comentou Ione Velame.

Além de toda a comunidade acadêmica, mobilizada pela chefe de Departamento de Áreas Acadêmicas, professora Marizângela Bortolo, participaram também das atividades as mulheres da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e seus familiares, da Escola Municipal Dona Geni da Costa Afonso, localizada no Jardim Ingá.

 

Exposições

A comunidade pode apreciar a exposição “É coisa de Mulher”, situada no pátio do bloco acadêmico; a exposição fotográfica, feita pelo estudante Paulo Morais, no mural do Grêmio Estudantil; e a exposição de desenhos, da ex-aluna Ana Luiza Alves e da aluna Ariadne Freitas, dentro da sala do Grêmio.

As comemorações continuam nesta sexta-feira, 9, com a palestra Mulheres e as lutas trabalhistas, que será ministrada pela professora socióloga Juliana Freitas, às 9h, no pátio do bloco acadêmico.

As atividades do Dia Internacional da Mulher são fruto da parceria entre IFG – Câmpus Luziânia, Sinasefe – Seção Luziânia e Grêmio Estudantil do câmpus.

 

Veja as fotos.

 

Coordenação de Comunicação Social / Câmpus Luziânia.

Fim do conteúdo da página