Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
ESPORTE

Docente desenvolve ferramenta de transparência de recursos federais do esporte

Criado: Terça, 02 de Outubro de 2018, 12h57 | Última atualização em Quinta, 04 de Outubro de 2018, 14h16

Plataforma de monitoramento e visualização foi criada a partir da tese de doutorado

Professor apresenta plataforma durante a defesa de sua tese de doutorado
Professor apresenta plataforma durante a defesa de sua tese de doutorado

Transparência no esporte. Este é o nome da plataforma de monitoramento e visualização dos recursos federais aplicados no esporte criada pelo professor Fernando Henrique, do Câmpus Senador Canedo do Instituto Federal de Goiás (IFG). A ferramenta foi criada a partir da pesquisa realizada pelo docente para a sua tese de doutorado “O financiamento do esporte no Brasil: aspectos da atuação estatal nos governos Lula e Dilma”, defendida em agosto de 2018.

site demonstra, por exemplo, que nos últimos 14 anos, foram aplicados mais de R$ 26 bilhões. E cerca de R$ 1,6 bilhões no ano passado. O professor Fernando explica que os recursos foram empregados em cinco áreas: esporte, educação, lazer e inclusão social; esporte de alto rendimento; infraestrutura esportiva; grandes eventos; e na gestão.

Segundo ele, os dados revelam que o gasto com cada uma das áreas variou durante o período coberto pela análise e pela plataforma. “Ao longo do tempo, houve o fortalecimento do gasto com o esporte de alto rendimento e nos anos de grandes eventos, como o Pan Rio 2007, a Copa de 2014 e os Jogos do Rio de 2016, houve a priorização deles”, disse Fernando.

site tem como objetivo ser fonte de informação sobre o montante e o direcionamento dos recursos federais destinados ao esporte, de forma a facilitar a compreensão da atuação estatal em relação à área, podendo ser utilizada por pesquisadores, jornalistas, interessados no assunto e o público em geral.

Além do professor Fernando participaram da produção e contribuem na atualização os pesquisadores Fernando Mascarenhas, Wagner Barbosa Matias, Claudia Catarino Pereira e Marcelo Resente Teixeira, todos integrantes do Grupo de Pesquisa e Formação Sociocrítica em Educação Física, Esporte e Lazer, da Universidade de Brasília (UnB).

Acesse aqui o portal: http://www.transparencianoesporte.unb.br

 

Coordenação de Comunicação Social/Câmpus Senador Canedo.

Fim do conteúdo da página