Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Extensão

Elaboração de composteiras e muita criatividade! Curso de Construção de Hortas Suspensas une teoria e prática em sala de aula

Criado: Quarta, 07 de Novembro de 2018, 20h21 | Última atualização em Quarta, 07 de Novembro de 2018, 23h49

Objetivo é produzir terra orgânica por meio da reciclagem

Professor realiza pequenos furos no material que irá receber a matéria orgânica
Professor realiza pequenos furos no material que irá receber a matéria orgânica

Nessa terça-feira,06, os estudantes do curso de Construção de Hortas Suspensas com Materiais Recicláveis aprenderam a fazer composteiras domésticas com materiais recicláveis. Foi o segundo dia de aula deste curso de extensão com carga horária de 160h, que acontece semanalmente no Instituto Federal de Goiás (IFG) Câmpus Valparaíso, e tem previsão de encerramento em junho de 2019. Logo no início, o professor de biologia Lucivânio Oliveira avisa: “Deve-se ter cuidados com o uso de cítricos quando formos trabalhar com a compostagem”. As composteiras são utilizadas para transformar materiais orgânicos (podendo ser utilizado, por exemplo, lixo produzido em casa, como: restos de verduras e frutas) em terra orgânica (adubo para as plantas).

 

Na aula desta terça-feira, os estudantes construíram cada um sua própria composteira doméstica. Durante o curso, o aluno aprenderá a produção de composto orgânico, confecção dos recipientes, plantio, controle de pragas, manejo, irrigação e comercialização dos produtos finais.

 

 

Uma das estudantes do curso de extensão, Eliângela Barbosa conta que está gostando de realizar o curso. Sobre o porquê resolveu se inscrever na seleção e participar deste grupo, fala: “Eu gosto de plantas, é uma terapia para mim”. Já a aluna Vânia da Paz é uma das líderes comunitárias de onde mora e diz que vai levar o conhecimento do curso para aplicar na horta que está sendo construída na sua comunidade. E afirma sobre o IFG e a escolha do curso: “Por questão de credibilidade do conhecimento”.

 

Vamos ver como foi a montagem da composteira doméstica de sistema aeróbico (com circulação de ar)? Vamos lá!
- O foco é a produção de uma compostagem vegetal.
-  Deve ser utilizado três recipientes de mesmo tamanho e porte, de forma que os três reservatórios ao encaixarem um sobre o outro possam possibilitar uma adequada drenagem.
- Pequenos furos devem ser  feitos na tampa dos recipientes e na parte de baixo. Atenção para o reservatório que irá ficar por baixo dos outros dois, este apenas deve ter furo na tampa, nele ficará armazenado o chorume ( o líquido que irá escorrer pelo sistema e que depois -desde que diluído adequadamente- poderá ser utilizado para ser borrifado nas plantas, pois funciona como um fortificante).
- Como o sistema é aeróbico, são necessários pequenos furos na parte lateral superior.
- Depois de pronta a composteira, é preciso ter cuidado na receita do substrato que irá preencher o 1º e o 2º reservatório: camadas de folhas secas ou serragem devem ser alternadas com o material orgânico que será reciclado (por exemplo, restos de vegetais consumidos em casa).
- Deve-se evitar usar no composto: cítricos, carnes, laticíneos e produtos cozidos temperados.
- A terra orgânica demora de 60 a 90 dias para ficar pronta. 

 

 

Quer ver mais fotos desta atividade? Acesse:
www.facebook.com/ifgvalparaiso

 


Coordenação de Comunicação Social/Câmpus Valparaíso

Fim do conteúdo da página