Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página

Lançamento Cine Clube Ismael Jesus

Criado: Terça, 12 de Fevereiro de 2019, 14h15 | Última atualização em Quinta, 14 de Fevereiro de 2019, 14h35

Data: 13 de fevereiro | Local: Auditório Djalma Maia | Horário: 14 horas

imagem sem descrição.

O Núcleo de Estudos e Pesquisas Avançadas – Ética e Política Emancipatória (NEPE-EPA) do Câmpus Goiânia do Instituto Federal de Goiás (IFG) lançará nesta quarta-feira, 13, o Cine Clube Ismael Jesus. A ação é um projeto de extensão do núcleo. O lançamento será no auditório Djalma Maia, às 14 horas, e é aberto à comunidades interna e externa ao IFG.

O projeto prevê exibição de filmes toda primeira quarta-feira do mês, no câmpus. Para começar, o Cine Clube apresentará o documentário Cadê Porfírio, do diretor Hélio Brito, que conta a história sobre as lutas camponesas de Trombas e Formoso, ocorridas entre as décadas de 1950 e 1960, em Goiás. Após a sessão, haverá um debate com a camponesa Dirce Machado, uma das lideranças do movimento da época.

Estão previstas exibições até o mês de agosto. Na programação, obras como O Corte, de Costa Gravas; Que horas ela volta, de Ana Muylaert; Infiltrado na Klan, de Spike Lee; Oraçõs para Bobby, de Russel Mulcahy; Cabra marcado para morrer, de Eduardo Coutinho; Flaskô – os donos do próprio suor e Junho – o mês que abalou o Brasil.

O Cine Clube leva o nome de Ismael Jesus em homenagem ao estudante goianiense que foi torturado e morto, em 1972, no período da Ditadura Militar. O projeto também reverencia a camponesa Dirce Machado, que dá nome à sala itinerante onde serão apresentados os filmes durante o ano de 2019. De acordo com o professor do Câmpus Goiânia e um dos coordenadores do projeto, Paulo Winícius Maskote, o objetivo da ação é realizar, todos os meses, a exibição de filmes, seguida de debates abertos para as comunidades interna e externa ao IFG. Todas as sessões do Cine Clube serão gratuitas e os participantes receberão certificados.

A curadoria dos filmes foi realizada de maneira coletiva, assim como a definição dos debatedores e temas que serão discutidos – que envolvem questões sociais como luta de classes, relações de trabalho, gênero, entre outros. A iniciativa do cine clube é do NEPE-EPA e conta com a participação de mais de 50 pessoas, entre professores, alunos e membros da comunidade externa ao IFG, de acordo com informações do coordenador do núcleo, professor Marcelo Lira.

Confira a programação:

Lançamento do Cine Clube Ismael Jesus
Data: 13 de fevereiro
Horário: 14 horas
Local: auditório Djalma Maia

Programação Geral:

6 de março - O Corte (Diretor Costa Gravas) – Tema: Humanidade e Trabalho 

3 de abril - Que horas ela Volta (Diretora Ana Muylaert) e na abertura o Curta Como se fosse da família – Tema: Mulher e Trabalho

8 de maio - Infiltrado na Klan (Diretor Spike Lee) - Tema: Negro e Trabalho

5 de junho - Orações para Bobby (Diretor Russell Mulcahy) - Tema: LGBT e Trabalho

3 de julho - Cabra Marcado para Morrer - (Diretor Eduardo Coutinho) - Tema: Arte e Trabalho

7 de agosto - Documentários Flaskô- os donos do próprio suor e  Junho - o mês que abalou o Brasil - ( Diretores brasileiros) - Tema: Democracia e Trabalho

 

 

Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia.

 

Fim do conteúdo da página