• Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Página Inicial

JIF Nacional

Imprimir

Batuque, pulos, gritos de atletas em defesa dos esportes marcam início dos jogos nacionais

Banda Batalá anima abertura (Foto: Saulo Cruz)Ao som da batucada da banda de percussão brasiliense Batalá, formada só por mulheres, é que teve início na noite de hoje, 4, a sexta edição dos Jogos das Instituições Federais (JIF Nacional 2016). Sediado pelo Instituto Federal de Brasília (IFB), a cerimônia de abertura ocorreu no Campus Taguatinga.

Esse momento contagiante contou com participação de cerca de 1500 estudantes, vindos de 35 instituições de todas as regiões do País. Gritos de guerra, torcidas vibrantes, sotaques diversificados, concentração para início das partidas (que começam amanhã de manhã), vontade de levar medalhas, mas também de conhecer novas pessoas e se unirem cada vez mais. Foi assim que os atletas demonstraram a vontade de competir e deram um gostinho do que serão esses cinco dias que vem pela frente.

As boas-vindas foram dadas pelo reitor do IFB, instituição sede do evento, Wilson Conciani. “Não se pode pensar em educação sem pensar em arte, cultura, esportes; que contemplam a necessidade do nosso corpo, nosso físico. Estamos aqui hoje representando uma rede, que possui mais de 600 campi em todo País”, disse o reitor.

Organizador geral do JIF nacional 2016, o reitor do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), onde inicialmente seriam realizados os jogos desse ano, Roberto Gil Rodrigues Almeida deixou um recado caloroso para os atletas: “Nesses tempos difíceis, nós só nos tornaremos mais fortes com união. Esporte, apesar de ser uma disputa, ela é só naquele momento. Depois, todos se unem. Só com a união dos nossos alunos e servidores é que conseguiremos manter a Rede Federal. Temos que fazer disso a nossa bandeira, para mantermos os institutos federais”, encerrou o reitor.

Presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal (Conif), Marcelo Bender Machado afirma a importância do JIF nacional. “É uma importante ação porque reúne os alunos, não só em questões técnicas, mas na formação dos cidadãos para a vida. Os esportes ensinam os alunos a se articular, a trabalhar junto, a ter liderança, isso vai impulsionar eles em qualquer instância”, finalizou.


Cerimônia

Não poderia faltar a execução do Hino Nacional, feita pela Banda do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília, que deu uma bela demonstração do espírito de ser brasileiro. O tradicional desfile das bandeiras – brasileira e dos JIFs – também foi calorosamente recepcionado pelos presentes. A responsabilidade de representar o compromisso de todos os atletas no evento ficou por conta do juramentista Pierre Matuzalém de Sousa.

E o ponto auge da festa foi a pira olímpica, acesa pelo atleta Hebert dos Santos da Silva, do Instituto Federal de Brasília – Campus São Sebastião. Aos aplausos de todos os presentes, estudantes, autoridades municipais, federais e estaduais, reitores, pró-reitores, membros da polícia militar e visitantes, o fogo simbólico iluminou o ginásio lotado, dando a emoção de uma festa verdadeiramente esportiva.

A cerimônia de abertura contou ainda com as presenças do representante da Secretária de Educação Profissional e Tecnológica, Eline Neves Braga Nascimento, o assessor Geraldo Andrade de Oliveira; do vice-presidente do Instituto Politécnico de Porto (IPP), Carlos Ramos; do representante do Exército Brasileiro na ordem do Quartel General, Coronel Melo; do Comando Militar do Planalto, Tenente Spaider; do atleta da Marcha Atlética, Caio Bonfim, e demais autoridades.

A sexta edição do JIF nacional é uma promoção do Conif, com apoio da Setec, da Universidade Católica de Brasília e do Exército Brasileiro, na ordem do Comando Militar do Planalto e do Quartel General.

Veja a programação completa e a tabela das modalidades.

Veja o álbum de fotos no facebook.

 

Comunicação oficial do JIF nacional 2016.