Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Servidor > IFG > Últimas notícias > Reitora recebe alunos selecionados pelo programa Brafitec de mobilidade acadêmica
Início do conteúdo da página
Internacionalização

Reitora recebe alunos selecionados pelo programa Brafitec de mobilidade acadêmica

Estudantes vão para a Escola de Engenheiros Sigma Clermont, França, e podem obter a dupla diplomação

Johnatha, professora Oneida, Carlos, Danyela, Luciano e professor Sérgio
Johnatha, professora Oneida, Carlos, Danyela, Luciano e professor Sérgio

No próximo domingo, 28 de agosto, três estudantes do IFG vão embarcar para a França, numa viagem muito especial. O destino é a cidade de Clermont-Ferrand, região central do país, onde está localizada a Escola de Engenheiros Sigma Clermont, para uma experiência de mobilidade acadêmica. Na tarde desta segunda-feira, 22, eles foram recebidos pela reitora, professora Oneida Irigon.

Carlos Antônio Formento Barp, Danyela Macêdo Soares e Johnatha Vieira Moura foram selecionados, por meio de edital, para o programa de mobilidade acadêmica internacional Brasil-França Engenharia e Tecnologia para o Desenvolvimento Territorial Sustentável (Brafitec). Eles vão cursar disciplinas no curso de Engenharia Mecânica durante um ano, podendo permanecer na Escola de Engenheiros Sigma Clermont por mais um ano e obter a dupla diplomação.

O edital Brafitec, lançado pela Capes em 2017, foi direcionado a estudantes das engenharias, prevendo bolsas para o este ano de 2022. Carlos e Johnatha fazem Engenharia Mecânica e Danyela é estudante do curso de Engenharia Elétrica, todos do Câmpus Goiânia.

Na reunião com a reitora, os estudantes estavam acompanhados do coordenador de Relações Internacionais do IFG, Luciano Perilo, e do coordenador do Brafitec, professor Sérgio Botelho de Oliveira. “Vocês não estão sós. A qualquer momento podem acionar a Instituição”, afirmou Oneida.

Embaixadores

Carlos Antônio contou que foi uma “luta enorme” a seleção para o programa Brafitec. Ele disse que o idioma (francês) não é fácil, que teve pandemia, mas ao final tudo deu certo.

Danyela afirmou que eles estão tendo uma “oportunidade de ouro”. “E é uma oportunidade aberta a todos. A gente indo vai motivar outros estudantes a também tentarem”, reforçou.

Johnatha agradeceu o IFG e especialmente o professor Sérgio, pelo apoio que tiveram no processo de seleção. “Antes mesmo da publicação oficial do edital, ele já estava nos ajudando com informações e dicas. Isso foi muito importante”, disse.

O coordenador de Relações Internacionais afirmou que os três vão embarcar numa missão muito importante, porque eles vão com a missão de pleitear a dupla diplomação, que desde outubro de 2021 está regulamentada no IFG. Segundo ele, os três serão “embaixadores” do IFG na França e podem ajudar a identificar e a viabilizar outros projetos de parceria.

Sérgio Botelho informou que, em outubro, vai à França para acompanhar os estudos dos três estudantes e também para reforçar os laços entre as duas instituições, além de prospectar outros parceiros. “Quero levar o nome do IFG aonde eu for”, disse.

A reitora ressaltou a importância da mobilidade acadêmica e disse que a Instituição está trabalhando para que mais alunos tenha essa experiência. Ela falou da sua própria experiência de estudante do interior e contou a história de uma aluna do IF Sul de Minas, que foi para um intercâmbio em Portugal, obteve a dupla diplomação e ficou empregada lá. Também elogiou o coordenador de Relações Internacionais, Luciano, e o professor Sérgio pelo trabalho desenvolvido na internacionalização do IFG.

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.

Comunicados (Servidor)

Fim do conteúdo da página