Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
PARCERIA

Câmpus produzirá e distribuirá sabonete e álcool a comunidades carentes de Formosa

Criado: Segunda, 18 de Maio de 2020, 18h43 | Última atualização em Terça, 02 de Junho de 2020, 10h21

Os testes iniciais para produção de sabonete líquido terão início amanhã, 19.

Um projeto de enfrentamento da Covid-19 de autoria do Câmpus Luziânia está em andamento também no Câmpus Formosa do Instituto Federal de Goiás (IFG): a produção e distribuição de álcool em gel 70%, álcool glicerinado 70% e sabonete líquido. No dia 13 de maio, o diretor-geral, professor Thiago Gonçalves Dias; o gerente de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão, professor Bruno Quirino Leal; e o professor de Química, Diego Alves Rodrigues, estiveram nas dependência da empresa Binatural, indústria localizada próximo ao IFG, para receber a doação de 20 litros de óleo de soja e 5 litros de glicerina, que serão destinados a testes inicias de produção.

Na visita à Binatural, os professores Thiago, Bruno e Diego foram recepcionados pela gerente de qualidade, Waneide Lopes, que apresentou indústria e estabeleceu o diálogo sobre a possibilidade de oferta de estágio aos alunos do IFG, palestras em eventos do Câmpus e de desenvolvimento de um projeto conjunto que reutilizará o óleo usado da comunidade formosense. O professor Diego relatou que fará quatro procedimentos diferentes de produção de sabonete líquido para optar pelo melhor. Após a testagem, os resultados serão apresentados à empresa, que poderá realizar outras doações de óleo ao IFG.

O projeto também conta com uma pesquisa para encontrar um componente capaz de substituir o carbopol – substância com escassez no mercado, necessária para a produção do álcool 70% - a ser desenvolvida pelos professores Diego e Suélen Ferreira Lucena. Também participam do projeto os servidores Thiago Gonçalves Dias, Karen Cristina Costa do Nascimento, Bruno Quirino Leal e Francione Neris de Sousa. Há previsão para a inclusão de alunos dos cursos técnicos em Biotecnologia e Saneamento.

O Câmpus Formosa também conta com a parceria de outras empresas e instituições para a produção deste material. A água Itiquira já doou 100 garrafas pet de 500ml para armazenar a produção de sabonete e álcool. O Câmpus também solicitou à Secretaria de Meio Ambiente de Formosa a colaboração para a busca de uma das matérias-primas que valem ouro neste processo: o óleo usado pela comunidade. A produção do sabonete dará o destino adequado a este produto danoso ao meio ambiente, já que muitos ainda realizam o descarte da maneira incorreta.

 

Setor de Comunicação Social/Câmpus Formosa

Fim do conteúdo da página