Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Sustentabilidade

Inauguração da árvore solar e lançamento do projeto de eficiência energética ocorre nesta quarta-feira, 16

Criado: Terça, 15 de Maio de 2018, 11h19 | Última atualização em Quinta, 17 de Maio de 2018, 09h30

O lançamento será realizado nesta quarta, 16, às 18h30, no Teatro do IFG – Câmpus Goiânia

Árvore Solar, instalada no Câmpus Goiânia, é uma das ações do projeto de eficiência energética no IFG.
Árvore Solar, instalada no Câmpus Goiânia, é uma das ações do projeto de eficiência energética no IFG.

O Instituto Federal de Goiás (IFG ) - Câmpus Goiânia realiza cerimônia de inauguração da árvore solar e lançamento do projeto de eficiência energética do IFG. A solenidade ocorrerá nesta quarta-feira, 16 de maio, às 18h30, no Teatro do IFG - Câmpus Goiânia. A árvore solar é uma das ações contempladas no termo de cooperação técnica entre o IFG e a Enel Distribuição Goiás / Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na implantação de projetos de eficiência energética, com instalação de usinas fotovoltaicas e troca do sistema de iluminação no câmpus.

A árvore é uma palmeira metálica de 11 metros composta por uma estrutura tubular e dez folhas, sobre as quais estão instalados dez painéis fotovoltaicos. “A árvore funciona como uma pequena usina solar, aproveitando ao máximo a incidência da luz solar para gerar energia”, afirma o responsável por Eficiência Energética da Enel Brasil, Odailton Arruda.  A estrutura ocupa uma área de apenas 20 m² no pátio do Câmpus Goiânia. De acordo com o professor e coordenador do projeto no IFG - Câmpus Goiânia, José Luis Domingos, a árvore solar trata-se de uma obra de arte que gera energia elétrica e impressiona pelo design diferenciado. À noite, durante a inauguração, o público poderá conferir o sistema de iluminação que confere tons coloridos à obra.

O lançamento da árvore solar e outras ações do Projeto Prioritário de Eficiência Energética e Minigeração no IFG beneficiarão na economia de energia elétrica do câmpus. “Esse projeto de eficiência energética é muito importante para o Instituto Federal de Goiás. Neste momento, ele representa resultados de pesquisas e estudos que o Instituto tem feito com foco em economia e geração de energia elétrica. A Enel ter aceitado o IFG como beneficiário dentro do projeto é o que viabiliza sua execução, porque o recurso financeiro é do sistema elétrico brasileiro, mais especificamente das concessionárias de distribuição de energia elétrica no Brasil”, afirma o professor José Luis Domingos.

Por meio da árvore solar, a energia elétrica gerada a partir de sistema fotovoltaico representa uma economia de energia de 300 kWh/mês, que equivale ao consumo médio mensal de energia de duas famílias, com cerca de quatro pessoas. A árvore solar custou cerca de R$ 120 mil e a vida útil dela é de 20 anos.  Além da inauguração da árvore solar no IFG - Câmpus Goiânia, serão apresentadas no evento de lançamento outras ações que integram o projeto, como a substituição do sistema de iluminação convencional por lâmpadas de LED, instalação de cerca de 700 painéis fotovoltaicos nos blocos 300, 400, 500, 600 e 700 do câmpus para geração de energia elétrica através de sistemas fotovoltaicos, monitoramento e gestão de energia, troca de chuveiros elétricos por sistema de aquecimento solar de água, além de ações de pesquisa.

A implementação de projetos de eficiência energética em instituições federais é proveniente de chamada pública na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) direcionada a instituições públicas de ensino superior, para que possam obter o selo A de eficiência energética, conforme o Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), coordenado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

O PBE avalia e fornece informações sobre produtos e instalações, considerando critérios como eficiência energética, segurança, impacto ambiental e relação custo/benefício. Todo prédio público novo ou reformado deve receber uma etiqueta dizendo o quanto são sustentáveis. Para o reitor do IFG, professor Jerônimo Rodrigues da Silva, as ações têm grande importância pois “além dos benefícios para a economia de energia, para a pesquisa e para a sustentabilidade e meio ambiente, teve origem em um trabalho de mestrado feito por um egresso do IFG”.

Serviço
Inauguração da Árvore Solar do Câmpus Goiânia e Lançamento do Projeto de Eficiência Energética do IFG
Quando: 16 de maio (quarta-feira), às 18h30.
Onde: Teatro do IFG - Câmpus Goiânia ( Rua 75, nº 46, Centro, Goiânia - GO).

 

Convite aberto a toda comunidade acadêmica.

 

Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia com informações da Assessoria de Comunicação da Enel. 

Fim do conteúdo da página