Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Gestão

Nota oficial em Defesa da Democracia

  • Publicado: Domingo, 08 de Janeiro de 2023, 23h21
  • Última atualização em Quarta, 25 de Janeiro de 2023, 15h30

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) vem a público se manifestar em defesa da democracia e dos poderes legalmente constituídos e repudiar, de forma veemente, os ataques realizados contra a normalidade democrática, a soberania dos poderes, as instituições e a ordem pública.

Nesse sentido, o IFG reforça a nota emitida neste domingo, 8 de janeiro, pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e, também, a nota emitida pelo Fórum das Instituições Públicas de Ensino Superior Sediadas no Estado de Goiás, em virtude dos atos de vandalismo registrados hoje em Brasília/DF.


Confira a íntegra da manifestação pública do Conif:

Democracia para sempre

É com consternação que o pleno do Conif, Institutos Federais, Cefets e o Colégio Pedro II acompanham os desdobramentos dos atos terroristas que atentam contra a democracia brasileira, neste domingo (8/1). É necessário que os brasileiros e as brasileiras condenem esses ataques aos Três Poderes e preservem o Estado Democrático de Direito.

Brasília, Patrimônio Cultural da Humanidade da Unesco, não merece esse ataque sorrateiro ao seu patrimônio, que é um bem de todos os brasileiros. Os danos contra o patrimônio público, contra o Estado Brasileiro e a soberania popular precisam ser apurados, investigados e punidos ao rigor da lei, ainda que recaia sobre possíveis conivências do poder público.

Tal atentado fascista/terrorista contra o Brasil não irá triunfar e a tentativa de golpe fracassou e fracassará diante da democracia brasileira. Lula é o presidente do Brasil, Arthur Lira é o presidente da Câmara, Rodrigo Pacheco é presidente do Senado, Rosa Weber é presidente do Supremo Tribunal Federal.

Brasília, 8 de janeiro de 2023

 

Veja a nota do Fórum:

 

Fim do conteúdo da página