Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
CONGRESSO DO IFG

Congresso institucional vai discutir principais documentos do IFG

Criado: Segunda, 25 de Junho de 2018, 18h52 | Última atualização em Terça, 24 de Julho de 2018, 16h53

De hoje (25 de junho) até sexta-feira (29 de junho), delegados vão aprovar alterações no Estatuto, no Projeto Político Pedagógico e no PDI

O reitor do IFG fala durante a abertura do Congresso Institucional, ao lado do presidente do Conselho Estadual de Educação
O reitor do IFG fala durante a abertura do Congresso Institucional, ao lado do presidente do Conselho Estadual de Educação

Começou na manhã desta segunda-feira (25) o Congresso Institucional do IFG, evento que reúne delegados dos 14 câmpus e da Reitoria para debater o futuro imediato da Instituição. O principal objetivo do congresso é a atualização do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) com validade para os próximos cinco anos. Mas antes de chegar ao PDI, o Congresso Institucional vai revisar o Estatuto e o Projeto Político Pedagógico Institucional (PPPI), documentos que são basilares para o planejamento.

 

A abertura do Congresso Institucional foi realizada no auditório do Augustu´s Hotel, onde ocorrerão todas as atividades do evento, até a próxima sexta-feira, 29. A mesa de abertura foi composta pelo reitor do IFG, professor Jerônimo Rodrigues da Silva, pelo presidente do Conselho Estadual de Educação, Marcos Elias Moreira, pela presidente do Diretório Acadêmico Central do IFG, Lara Damiane Estevão, e pelo coordenador da Comissão Central Sistematizadora do Congresso Institucional, Weber Tavares da Silva Filho, que foi a primeiro a fazer uso da palavra.

 

Weber historiou o processo de construção do Congresso Institucional, enfatizando que desde a definição da metodologia até a elaboração das propostas houve uma intensa participação da comunidade acadêmica. “A proposta da metodologia foi construída coletivamente e toda a comunidade acadêmica pôde apresentar suas propostas”, reiterou. Foram mais de mil propostas apresentadas e cerca de 700 referendadas pelas plenárias locais para serem discutidas durante o congresso.

 

O reitor do IFG, professor Jerônimo, também ressaltou que o Congresso Institucional foi construído coletivamente e de forma democrática. Segundo ele, os debates suscitaram questões importantes, como qual é a identidade do IFG e seu papel social. Ele também falou da preocupação em manter a oferta de educação pública de qualidade quando há ações de governo provocando o desmonte dessa educação. “Nesse contexto de ataques á educação pública, o Congresso Institucional é também um momento de luta”, afirmou.

 

O presidente do Conselho Estadual de Educação, professor Marcos Elias Moreira, lembrou que na história brasileira grande parcela da população foi alijada da educação. Segundo ele, o país precisa de uma educação que inclua a todos e o IFG pode contribuir para essa inclusão. Marcos Elias elogiou a realização do Congresso Institucional e afirmou que os documentos em discussão não são burocráticos; são documentos que devem contribuir para a construção da instituição, de acordo com seu projeto de educação pública, gratuita e de qualidade.

 

A presidente do DCE IFG, Lara Damiane, estudante do Câmpus Cidade de Goiás, comemorou o fato de o Congresso Institucional estar sendo realizado logo após a criação da entidade estudantil. “É um momento muito importante para a construção da democracia interna e a gente sente falta de uma maior participação dos estudantes”, afirmou. Lara convidou os estudantes a conversarem com os dirigentes do DCE IFG sobre as propostas em debate durante o Congresso Institucional e disse que a recém-criada entidade defende uma educação crítica, criadora e popular.

 

Logo após a solenidade de abertura, o professor Eliezer Pacheco, ex-secretário da Setec/Mec, fez a conferência “O fato novo na educação brasileira”.
À tarde, os delegados estão discutindo as propostas de alterações no Estatuto do IFG. A discussão pode ser acompanhada ao vivo pelo link: conferenciaweb.rnp.br/webconf/ifg (entrar em Não tenho conta) .

 

 

Diretoria de Comunicação Social/ Reitoria.

Fim do conteúdo da página