Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Qualidade da gasolina é objeto de estudo em oficina
Início do conteúdo da página
Ensino

Qualidade da gasolina é objeto de estudo em oficina

Criado: Terça, 18 de Fevereiro de 2020, 18h16 | Última atualização em Quarta, 11 de Março de 2020, 16h22

Experiência comprova que posto de Formosa vende gasolina dentro do padrão.

A Oficina Vivência e Experiência no Laboratório, realizada pelos professores Diego Alves Rodrigues e Érick Guimarães França na tarde de hoje, no Laboratório de Química e Físico-Química, nesta Semana de Integração dos calouros com os veteranos, levou a uma descoberta curiosa. Como havia certa desconfiança da qualidade da gasolina medida por determinado posto da cidade, os professores resolveram testá-la em laboratório com os alunos.

O experimento comprovou que não há adulteração no combustível do posto. “A gasolina está dentro do padrão [estipulado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP)], que é entre 23% e 26% de álcool do total do combustível”, declarou o professor Érick. O docente relatou que no experimento eles descobriram que o teor da amostra está em 24% de álcool.

Os professores fizeram outros dois experimentos e explicaram como deve ser a segurança no laboratório. Uma das experiências verificou a diferença entre ácido e base, com vinagre e água sanitária. A outra tratou da queima da palha de aço, para mostrar como sua massa é alterada nesta reação química.

Boas-vindas

Ontem, em meio a sorrisos, reencontros e muita ansiedade, começaram as aulas no Câmpus Formosa do Instituto Federal de Goiás (IFG) para os estudantes dos cursos técnicos integrados e do ensino superior. Calouros e veteranos foram recepcionados no Teatro Guaiá, pela manhã, pela chefe de Departamento de Área Acadêmica (DAA), Karen da Costa Nascimento; o gerente de Pesquisa e Pós-graduação, Bruno Quirino Leal; o coordenador do curso de Saneamento, Murilo Teles, professores e servidores técnico-administrativos.

Após a apresentação dos professores e técnicos, os alunos assistiram a um vídeo institucional que mostrou o trabalho realizado pelo Instituto Federal, e depois os segundos e terceiros anos assumiram as atividades com os calouros.

Além da Oficina de Vivência e Experiência no Laboratório, oficinas de Vôlei e Basquete, de Videogame, de Gravuras e Introdução à Leitura de Partituras dividiram os estudantes, que precisaram se inscrever para participar. Amanhã estão previstas brincadeiras e jogos, cine-debate, palestras, bate-papo, práticas de escutatória e oficina de processos criativos. As atividades estão sendo custeadas pela Chamada MCTIC/CNPq 09/2019, da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2019.

 

Setor de Comunicação Social/Câmpus Formosa

Fim do conteúdo da página