Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Itumbiara > Apresentação
Início do conteúdo da página

Histórico do Câmpus Itumbiara

A criação do Câmpus Itumbiara do Instituto Federal de Goiás (IFG) foi autorizada pela portaria nº 693/2008, de 9 de junho de 2008, publicada no Diário Oficial da União do dia 10 de junho de 2008. A unidade surgiu no contexto da segunda fase da expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, que tinha como tema “Uma escola técnica em cada cidade-pólo do país”. Considerando as características da cidade, que se destaca no segmento industrial e vem se desenvolvendo cada vez mais na agroindústria, o Câmpus Itumbiara foi planejado com perfil industrial e a finalidade de capacitar mão-de-obra para suprir a demanda do setor.

 

A solenidade de instalação do Câmpus ocorreu no dia 1 de setembro de 2008 e no dia 24 de abril de 2009 o então Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou oficialmente a unidade.

 

Em agosto de 2008, ocorreu a primeira seleção para o preenchimento de 30 vagas no curso superior de licenciatura em Química e de sessenta vagas distribuídas igualmente entre os cursos técnicos subseqüentes em Automação Industrial e Eletrotécnica.

 

 CURSOS 

Atualmente, o Câmpus Itumbiara do IFG oferece as seguintes modalidades de cursos: técnicos integrados - em que o aluno cursa, simultaneamente, o Ensino Médio e uma habilitação técnica -, técnico subsequente - que consta de uma habilitação técnica para aqueles que já têm Ensino Médio completo -, e cursos superiores de graduação. Os cursos na forma integrada são: Técnico em Agroindústria, Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Química. Na forma subsequente: Técnico em Açúcar e Álcool - EaD (Educação a Distância) e Técnico em Eletrotécnica. E superiores: Bacharelado em Engenharia de Controle e Automação, Bacharelado em Engenharia Elétrica e Licenciatura em Química.

 

 SERVIDORES

O quadro de pessoal foi composto inicialmente por 28 servidores, selecionados por meio de concurso público lançado em maio de 2008. Na primeira nomeação para o Câmpus Itumbiara, foram chamados 20 técnico-administrativos e oito docentes. Passados oito anos, os números atuais mostram o crescimento da unidade: são 111 servidores efetivos, sendo 48 técnico-administrativos e 63 docentes. Além destes, o Câmpus Itumbiara conta com professores substitutos.

Fim do conteúdo da página