Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Equipes 'Migos' e 'Blackout' vencem a IV Batalha de Máquinas
Início do conteúdo da página
V SECITEC

Equipes 'Migos' e 'Blackout' vencem a IV Batalha de Máquinas

Criado: Quarta, 24 de Outubro de 2018, 22h50 | Última atualização em Segunda, 05 de Novembro de 2018, 14h45

Participaram da competição 16 equipes, divididas em dois níveis


   Equipe Blackout vence o nível 2 da IV Batalha de Máquinas

A IV Batalha de Máquinas foi o principal evento da tarde desta quarta-feira, 24, primeiro dia da V Semana de Educação, Ciência e Tecnologia do Câmpus Senador Canedo do Instituto Federal de Goiás (IFG). Participaram 16 equipes, nove no nível 1 e sete no nível 2. A competição compreende o desenvolvimento de um robô que, autonomamente, deve percorrer um determinado percurso. No nível 1, venceu a equipe Migos; e no 2, a equipe Blackout.

A professora e organizadora do torneio, Brunna Caroline, explicou que no nível 1 participam alunos dos primeiros anos de Automação Industrial e Mecânica e no nível 2, os alunos dos segundos anos. “Para o primeiro nível nós preparamos uma pista mais simples. Para o segundo nível, a pista tinha mais dificuldades, como falhas na pista, rampas e lombadas, além de obstáculos, que os robôs deveriam desviar”, disse.

  Equipe Migos vence o nível 1

O líder da Blackout e estudante do segundo ano de Automação Industrial, Filipe Porto, contou que o robô de sua equipe começou a ser montado há pouco mais de 3 semanas e que ele conseguiu seguir a linha há três dias. “Então nós não esperávamos vencer”, afirmou. Filipe disse que seu robô não conseguiu fazer todo o percurso, mas que cumpriu os desafios e somou pontos no projeto, cujo custo foi menor que o do adversário. “Esse resultado mostra que o trabalho em equipe é muito importante, sem ele a gente não ia conseguir nada”, avaliou.

 

Participação EJA

A edição deste ano da Batalha de Máquinas teve uma participação especial: a do Vanilcio do Nascimento, estudante do terceiro período do curso Técnico em Refrigeração e Climatização, na modalidade de Educação de Jovens e Adultos, com seu robô seguidor de linha analógico. É que, geralmente, só participam desta atividade estudantes de Automação Industrial e Mecânica. Vanilcio não competiu, mas apresentou um robô que impressionou a Comissão, tanto que foi homenageado. “É contagiante e motivador ver estes alunos que trabalham de segunda a sábado e estudam todas as noites terem tanta energia e entusiasmo para desenvolverem aquele robô, que funciona perfeitamente”, parabenizou a professora e organizadora da Batalha, Brunna Caroline.

  Vanilcio recebe homenagem

O princípio do robô de Vanilcio é o mesmo dos que competiram na Batalha, à diferença é que o dele não possui nenhum tipo de programação. “O nosso foi feito basicamente em uma estrutura analógica. Ele foi desenvolvido para realizar uma leitura rápida e dinâmica, analogicamente”, explicou. Além disso, todo o material utilizado é reciclado. “A base do carrinho é de uma vasilha plástica. Na roda dianteira, a gente utilizou aquela bolinha de desodorante roll on. Os motores, nossa tutora, a professora Dulcinéia Gonçalves trouxe de trabalhos anteriores. Os outros matérias como a placa, o circuito e as soldagens foram feitas à mão”, enfatizou.

 

Coordenação de Comunicação Social/Câmpus Senador Canedo.

Fim do conteúdo da página