Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Último dia do evento tem atividades diversificadas
Início do conteúdo da página
VI SECITEC

Último dia do evento tem atividades diversificadas

Criado: Terça, 29 de Outubro de 2019, 13h16 | Última atualização em Terça, 29 de Outubro de 2019, 13h44

Participação das escolas municipais foi o ponto alto do evento, avalia presidente da comissão organizadora

Masculinidade tóxica é tema de roda de conversa

 

E o último dia, sexta-feira, 25, da VI Semana de Educação, Ciência e Tecnologia (Secitec) do Câmpus Senador Canedo do Instituto Federal de Goiás (IFG) teve seminário, apresentações culturais, torneio de xadrez, palestra, karaokê, vivências, roda de conversa e oficinas.

Pela manhã, os projetos de iniciação científica que serão desenvolvidos foram apresentados. Os estudantes acompanharam atividade cultural “Identidade e culturas brasileiras” e a palestra “Corpo, gênero e padrões de beleza”. Eles também participaram do torneio de xadrez e se divertiram com o karaokê.

À tarde, foi a vez das oficinas “Vivência em ballet”, “Vivência em dança contemporânea” e “Google Earth: aplicação ambiental e cálculo de áreas”. Houve também a roda de conversa sobre “Masculinidade tóxica”.

Visitação das escolas municipais

Durante os quatro dias de Secitec, mais de mil estudantes de escolas municipais estiveram no Câmpus

 

O gerente de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão e presidente da comissão organizadora do evento, o professor Luiz Eduardo Bento, destacou que esta edição da Secitec teve como ponto alto a participação da comunidade externa, principalmente com a participação das escolas municipais. “Nós conseguimos trazer mais de mil alunos para o Câmpus”, disse.

Ele ressaltou também a participação da comunidade interna. “Os servidores e alunos se envolveram na organização, na proposição de atividades e, nos intervalos, ainda participaram das atividades”, contou Luiz Eduardo.

Segundo ele, a programação conseguiu abarcar a temática proposta e, ao mesmo tempo, manteve aquelas já tradicionais. “A gente procurou ter, ao menos, uma atividade por período com o tema “bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável” e mantivemos também aquelas atividades tradicionais, como a Batalha de Máquinas”, explicou.

 

Coordenação de Comunicação Social/Câmpus Senador Canedo.

Fim do conteúdo da página