Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Estudantes do 2º e 4º ano da Escola Rotary Club Conhecem o IFG
Início do conteúdo da página
conhecendo o ifg

Estudantes do 2º e 4º ano da Escola Rotary Club Conhecem o IFG

Criado: Quarta, 04 de Dezembro de 2019, 10h34 | Última atualização em Terça, 10 de Dezembro de 2019, 09h29

Os visitantes se divertiram durantes as atividades práticas nos laboratórios

 

A
A "Biblioteca Móvel" foi uma das atividades propostas aos visitantes

 

Tornar a ciência mais divertida e interessante, aumentar as possibilidades de atuação profissional e mostrar a grandiosidade da Instituição. Sempre que ocorre uma atividade do Conhecendo o IFG, eses são alguns dos principais pontos que os realizadores se preocupam em transmitir aos visitantes. E não é diferente quando a turma que vem conhecer o Câmpus Itumbiara é formada por estudantes que ainda são crianças ou estão no início da adolescência.

Exemplo disso foi o Conhecendo o IFG de ontem, 03 de dezembro, quando a Instituição recebeu a visita de quase 70 alunos do 2º e 4º da Escola Rotary Club, de Itumbiara. Como atividades lúdicas e práticas, os servidores e monitores do Programa PRP, Pet Química e Engenheiros Sem Fronteiras se revezaram para tornar a visita mais divertida e interessante para os “pequenos”. Além da comunidade acadêmica do Câmpus, o egresso do curso de Engenharia Elétrica, Reuler Cardoso, também contribuiu com a ação, trazendo uma “Biblioteca Móvel” repleta de livros e jogos infantis.  

A cada olhar curioso, expressão de alegria e frases de surpresa ou espanto, ficava nítida o quanto os visitantes estavam se divertindo com as atividades nos laboratórios de Biologia, Física, Matemática e Química. Da mágica com o baralho, passando pelos balões que não estouram, pelo “aparelho de choque” e bichos guardados dentro de potes de vidro; tudo se transformava em diversão.

Thieny Silva de Souza, de 9 anos, cursa a 4ª série e ficou encantada com as atividades que participou. Ela disse que gostou muito das experiências nos laboratórios, e ficou muito surpresa de ver que o balão não estourava quando era espetado com alfinete. “Eu adoro ciências”, afirmou a garotinha. O colega dela, Isac Alves Meireles, de 7 anos, frequenta a 2ª série e disse que gostou muito da mágica com o baralho e disse que tem vontade de ser professor de Matemática. Quem também interagiu bastante em todas as brincadeiras e fez perguntas para todos os docentes foi o jovem Davi Silva de 8 anos. Apesar de ter um leve grau de autismo, o estudante prestou bastante atenção em todas as práticas e disse que gostaria de ser cientista.

 

 

 

Setor de Comunicação Social e Eventos – Câmpus Itumbiara.

Fim do conteúdo da página